Tesla Cybertruck já pode ser comprada e até alugada por brasileiros

Tesla Cybertruck já é vendida e alugada aos brasileiros pelo Osten Group

 

Ame ou odeie, você provavelmente não é neutro quanto à futurista Tesla Cybertruck. Se for o caso das formas geométricas da picape elétrica te atraírem, saiba que tê-la no Brasil agora é uma possibilidade real.

Isso porque o Osten Group — grupo especializado em modelos de luxo — anunciou sua primeira encomenda da Cybertruck a um cliente brasileiro. Aproveitando a oportunidade, a Osten também lançou seus serviços de venda e aluguel do modelo.

Das três versões previstas, a empresa oferece a topo-de-linha, com três motores e promessa de desempenho insano. A potência ainda é segredo, mas espera-se algo acima de 800 cv – e com chances de superar os 1000 cv. Também há detalhes como crab mode, suspensão adaptativa a ar e o piloto automático da Tesla.

“Estamos animados com esta encomenda e ansiosos pelo início da produção da Cybertruck. Seu design nada convencional aliado à potência deste carro elétrico e todas as vantagens atreladas à categoria despertam a curiosidade de qualquer um e tornam impossível ser indiferente a este modelo”, diz Eduardo Vale, gerente geral do Osten Group.

O que também já é fato é a garantia da Tesla de que a Cybertruck Tri Motor AWD irá de 0 a 96 km/h em menos de 3 segundos, com velocidade máxima aproximada de 210 km/h. Mesmo com tração integral e grandes motores, a sua autonomia superará os 800 km, com capacidade de carga e reboque de 1,5 e 6,3 toneladas, respectivamente.

Compartimentos escondidos garantem volume adicional Divulgação

O design dispensa comentários, mas além das formas incomuns há um exoesqueleto ao redor da carroceria que protege os ocupantes graças ao aço inoxidável laminado a frio e ao vidro blindado utilizados. Mais do que segurança, os materiais evitam amassados e corrosão a longo prazo, garante a montadora.

Mais do que chegar ao mato, a Cybertruck proverá energia e ar comprimido ao que for preciso Divulgação/Tesla

São predicados assim que tornaram a caminhonete um fenômeno de vendas, com mais de um milhão de unidades encomendadas antes de ganhar uma versão definitiva. No caso da compra ou aluguel feitos via Osten é possível até personalizar o exemplar como um comprador americano teria direito.

Lançamento atrasado

Desde os primeiros anúncios a Tesla tem o final de 2021 como prazo para que a Cybetruck chegue aos primeiros donos, mas obviamente a escassez de matérias-primas — principalmente semicondutores — vem colocando o prazo em xeque.

Cabine é tão futurista e ousada quanto exterior da picape

Cabine é tão futurista e ousada quanto exterior da picape Divulgação/Tesla

Também há problemas como a capacidade produtiva da fabricante e a saída do executivo Jerome Guillen, então braço direito de Elon Musk na Pesquisa e Desenvolvimento, além de melhorias necessárias na avançadíssima tecnologia embarcada na caminhonete que concorrerá com F-150 Lightning, GMC Hummer EV, a próxima geração da Ram 1500 e concorrentes que seguem aparecendo.

O caminhão Tesla Semi já foi adiado, mas os prazos da Cybetruck ainda se mantêm. De todo modo é quase certo que todos recebam os modelos ainda no ano que vem. A Osten aproveita a relação estreitada pela importação de outros modelos da marca para ficar na cola, “com expectativa de uma atualização por parte da Tesla em breve.”

Quem optar por adquirir a Tesla Cybertruck deve desembolsar cerca de R$ 950.000, com preço variável mediante o dólar. Já quem prefere experimentá-la ou não quer se descapitalizar pode recorrer ao aluguel por assinatura em plano de quatro anos e franquia de 1.000 km mensais.

A mensalidade é de aproximadamente R$ 19.800 e inclui serviços de documentação, seguro, manutenção preventiva (custo e gestão), gestão de multas de trânsito e sinistros, assessoria para carro reserva, telemetria e assistência 24 horas em todo território nacional.

Cybertruck comprada ou alugada

Fonte: quatrorodas.abril.com.br

Translate »
WhatsApp chat