Fitch Mantém Ratings ‘AA+(bra)’ da Unidas em Observação Positiva

A Fitch Ratings manteve, hoje, o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA+(bra)’ da Companhia de Locação das Américas – Locamérica e de sua subsidiária integral Unidas S.A. (coletivamente denominadas Unidas) em Observação Positiva.

 

O rating da Unidas reflete a sua robusta posição de negócios, como a segunda maior locadora de veículos e frotas do Brasil. A análise incorpora o consistente desempenho e a eficiência operacional da companhia, ao longo dos ciclos econômicos, e a expectativa de que a Unidas manterá sua alavancagem financeira consolidada em níveis moderados – apesar dos esperados fluxos de caixa livre (FCFs) negativos, decorrentes da retomada do crescimento. A Unidas tem comprovado acesso aos mercados de capitais e um histórico de robusta liquidez.

A manutenção do rating em Observação Positiva reflete a potencial combinação de negócios da Localiza Rent a Car S.A. (Localiza, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra)/Perspectiva Estável) e da Unidas, respectivamente, a maior e a segunda maior locadoras de veículos e frotas no Brasil. A consolidação dos negócios resultaria no fortalecimento de sua posição de negócios e em um melhor perfil financeiro.

PRINCIPAIS FUNDAMENTOS DO RATING
Robusta Posição Competitiva:

Como a segunda maior locadora de veículos e frotas no Brasil, a Unidas tem robusta posição de negócios, suportada pela sua larga escala, presença nacional e capilaridade na operação de venda de veículos seminovos. Em junho de 2021, a sua frota total, de 175.871 veículos, dos quais 70.692 destinados a rent-a-car (RaC) e 105.179 à gestão de frotas (GTF), garantiu participações de mercado significativas nesses segmentos. A Unidas é líder em GTF e a segunda maior em RaC, por tamanho de frota. Como resultado, tem relevante poder de barganha com os fabricantes de automóveis e é capaz de capturar economias de escala. No final de 2021 e 2022, a frota própria da Unidas deve totalizar 188.751 e 212.398 veículos, respectivamente.

Consistente Desempenho Operacional:

O resultado operacional da Unidas se beneficia dos contratos de longo prazo com clientes corporativos de médio e grande portes, responsáveis por uma parcela significativa de suas receitas (57% da receita de aluguel), e de um histórico de desempenho operacional resiliente ao logo dos ciclos econômicos. No cenário de rating da Fitch, o EBITDA da Unidas alcançará BRL2,2 bilhões (margem de 33%/+64% no comparativo anual) em 2021 e BRL2,4 bilhões (margem de 27%/+10% no comparativo anual) em 2022, como resultado de uma forte demanda, tarifas de locação mais altas e margens crescentes de vendas de veículos seminovos. O desequilíbrio temporário entre a oferta e demanda por veículos novos e serviços de locação deve perder força ao longo de 2022, mas alguns ganhos devem permanecer e possibilitar margens mais altas do que as históricas.

Moderada Alavancagem:

Um crescimento da frota mais lento do que o esperado em 2021 e 2022, devido à escassez global de veículos novos, ajudará a manter a alavancagem financeira em patamares moderados. A alavancagem financeira consolidada, medida por dívida líquida/EBITDA, deve ser de 2,7 vezes em 2021 e migrar para patamar igual ou um pouco superior a 3,5 vezes a partir de 2021, ante a média de 3,1 vezes nos últimos quatro anos e 2,8 vezes no período de 12 meses encerrado em junho de 2021. A alavancagem mais contida em 2021 é fruto da expectativa de relevante EBITDA, proveniente da venda de seminovos, enquanto o crescimento, a partir de 2022, resulta da expansão da frota.

Retomada do Crescimento Pressiona FCF:

O fluxo de caixa das operações (CFFO) da Unidas, que incorpora os investimentos em renovação da frota, deve ficar em BRL42 milhões em 2021 e BRL184 milhões em 2022. Estes montantes são insuficientes para cobrir os investimentos em crescimento, de BRL1,8 bilhão e BRL2,5 bilhões, respectivamente, e o pagamento de dividendos anuais, de aproximadamente BRL207 milhões. Os FCFs negativos previstos, de BRL2 bilhões em 2021 e BRL2,5 bilhões em 2022, são administráveis, devido à forte flexibilidade financeira da empresa. No período de 12 meses encerrado em junho de 2021, a frota total da Unidas cresceu 8% na comparação anual, o CFFO, os investimentos e o FCF foram de BRL146 milhões, BRL1,5 bilhão e negativo em BRL1,4 bilhão, respectivamente.

Fusão Beneficia Rating:

A empresa combinada da fusão da Localiza com a Unidas, respectivamente a maior e a segunda maior locadora de veículos e frotas do Brasil, terá uma posição de negócios destacada no setor no país. O novo grupo teria, ainda, maior poder de barganha e a possibilidade de capturar ganhos de escala e outras sinergias. O negócio está sendo analisado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), com expectativa de decisão até o final de 2021. Considerando a forte presença das duas empresas no mercado, o negócio pode ser aprovado com ressalvas.

Setor Intensivo em Capital:

A natureza intensiva em capital do setor de locação, que exige investimentos consideráveis e regulares para crescimento e renovação da frota, pressiona o perfil financeiro das empresas do setor em períodos de forte expansão. Portanto, o baixo custo de financiamento e o forte acesso aos mercados de crédito são vantagens competitivas importantes. Por outro lado, o modelo de negócios permite que as empresas adiem a renovação da frota e ajustem seu porte, se necessário. Os principais riscos para este setor em 2021–2022 são a incerteza quanto à retomada da produção de veículos, que limita o crescimento, mercados de crédito restritos, um aumento das taxas de juros mais forte do que o previsto e uma piora da atividade econômica.

SENSIBILIDADE DOS RATINGS

Fatores que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Positiva/Elevação:

— A Observação Positiva só será resolvida após a conclusão da transação com a Localiza.

Caso o negócio com a Localiza seja aprovado, os gatilhos para uma ação de rating positiva assumem aqueles já estabelecidos para a Localiza em base consolidada. Caso o negócio não seja concretizado, os gatilhos para uma ação de rating positiva são:

— Dívida líquida/EBITDA igual ou inferior a 3,5 vezes em base recorrente;

— Fortalecimento adicional da escala e do perfil de negócios, sem deterioração do perfil financeiro.

Fatores que Podem, Individual ou Coletivamente, Levar a uma Ação de Rating Negativa/Rebaixamento

Caso o negócio com a Localiza seja aprovado, os gatilhos para uma ação de rating negativa assumem aqueles já estabelecidos para a Localiza em base consolidada. Caso o negócio não seja concretizado, os gatilhos para uma ação de rating negativa são:

— Queda prolongada na demanda, associada à incapacidade de a companhia ajustar as operações, levando a uma queda maior do que a esperada no fluxo de caixa operacional;

— Aumento da alavancagem líquida para acima de 4,5 vezes, em bases regulares;

— Incapacidade de preservar a liquidez e de acessar adequado financiamento da dívida.

PRINCIPAIS PREMISSAS

As principais premissas para o rating do emissor são:

— Aumento da frota total, de 14% em 2021 e de 18% em 2022;

— Tíquete médio para RaC aumentando 14,0% em 2021 e 3,0% em 2022;

— Tíquete médio para GTF aumentando 7,0% em 2021 e 3,5% em 2022;

— Investimentos voltados para o crescimento de BRL1,8 bilhão em 2021 e BRL2,5 bilhões em 2022;

— Pagamento de dividendos em torno de 25% ao longo do horizonte de rating.

RESUMO DA ANÁLISE

O rating da Unidas se situa um nível abaixo do da Localiza, tendo em vista o maior porte desta última, que possuía 274 mil veículos ao final de março de 2021 frente a 176 mil da Unidas, o que possibilita maior poder de barganha com fornecedores e diluição de custos e despesas. Adicionalmente, a Localiza possui menor custo de captação e deverá manter menor alavancagem financeira ao longo dos próximos anos, apesar de também ter uma estratégia de crescimento.

Em relação à Movida Participações S.A. (Movida, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA-(bra)’/Perspectiva Estável), que possuía 134 mil veículos ao final do primeiro semestre de 2021, o rating da Unidas está dois níveis acima. Comparada à Movida, a Unidas apresenta maior porte, maior poder de barganha junto a fornecedores e menor custo de captação, embora tenha alavancagem financeira semelhante.

CONSIDERAÇÕES DE ESG

Salvo disposição em contrário divulgada nesta seção, o Score de Relevância de crédito Ambiental, Social e de Governança (ESG) é ‘3’. Isto significa que as questões de ESG são neutras ou têm impacto mínimo sobre o crédito da entidade, seja devido à sua natureza, ou à maneira como estão sendo por ela administradas. Para mais informações sobre os Scores de Relevância de ESG da Fitch, acesse www.fitchratings.com/esg

Resumo dos Ajustes das Demonstrações Financeiras

— Os investimentos em crescimento foram movidos do fluxo de caixa das operações (CFO)

para o fluxo de caixa de investimentos (CFI);

— Os efeitos de IFRS 16 foram revertidos;

— Investimentos financiados por obrigações a pagar de OEM afetando o FCF, mas não os recursos das operações (FFO).

LIQUIDEZ E ESTRUTURA DA DÍVIDA

Adequada Liquidez: A liquidez consistente e robusta da Unidas e o histórico de gestão proativa de passivos são importantes fatores de crédito, com o caixa cobrindo sua dívida de curto prazo, em média, acima de 2,0 vezes, nos últimos quatro anos. A partir de 2021, o FCF deve ficar negativo como resultado da estratégia de crescimento, devendo ser financiado por dívida, no cenário de rating. Em junho de 2021, a Unidas tinha BRL1,7 bilhão de caixa e aplicações financeiras e BRL6,9 bilhões de dívida (4% com garantias), dos quais BRL800 milhões de curto prazo e BRL800 milhões adicionais com vencimento até o final de 2023 (caixa/dívida de curto prazo de 2,2 vezes).

A dívida da Unidas é composta principalmente por debêntures locais (82%) e empréstimos bancários, notas promissórias e linhas de capital de giro (18%). A flexibilidade financeira da Unidas também é sustentada por sua capacidade de adiar investimentos em crescimento para se ajustar ao ciclo econômico e pelo número considerável de ativos não onerados do grupo, com um valor contábil de frota sobre dívida líquida de 1,9 vez.

PERFIL DO EMISSOR

A Unidas é a segunda maior locadora de veículos e frotas do Brasil, tanto em tamanho de frota quanto em receita. A empresa opera nos segmentos de locação de veículos, de frotas e na venda de veículos usados. No período de 12 meses encerrado em junho de 2021, atingiu receita, EBITDA e tamanho da frota de BRL6,7 bilhões, BRL1,8 bilhão e 175.871 veículos, respectivamente.

INFORMAÇÕES REGULATÓRIAS:

A presente publicação é um relatório de classificação de risco de crédito, para fins de atendimento ao artigo 16 da Resolução CVM nº 9/20.

As informações utilizadas nesta análise são provenientes da Localiza Rent a Car S.A., da Localiza Fleet S.A., da Companhia de Locação das Américas – Locamericas e Unidas S.A.

A Fitch adota todas as medidas necessárias para que as informações utilizadas na classificação de risco de crédito sejam suficientes e provenientes de fontes confiáveis, incluindo, quando apropriado, fontes de terceiros. No entanto, a Fitch não realiza serviços de auditoria e não pode realizar, em todos os casos, verificação ou confirmação independente das informações recebidas.

Histórico dos Ratings:

Localiza Rent a Car S.A.

Data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 22 de dezembro de 2010.

Data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 25 de setembro de 2020.

Localiza Fleet S.A.:

Data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 2 de agosto de 2018.

Data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 25 de setembro de 2020.

Companhia de Locação das Américas – Locamerica e Unidas S.A.:

Data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 8 de junho de 2010.

Data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 25 de setembro de 2020.

A classificação de risco foi comunicada à entidade avaliada ou a partes a ela relacionadas, e o rating atribuído não foi alterado em virtude desta comunicação.

Os ratings atribuídos pela Fitch são revisados, pelo menos, anualmente.

A Fitch publica a lista de conflitos de interesse reais e potenciais no Anexo X do Formulário de Referência, disponível em ‘ www.fitchratings.com/brasil’ .

Para informações sobre possíveis alterações na classificação de risco de crédito veja o item: Sensibilidade dos Ratings.

Informações adicionais estão disponíveis em ‘ www.fitchratings.com ‘ e em ‘ www.fitchratings.com/brasil ‘.

A Fitch Ratings foi paga para determinar cada rating de crédito listado neste relatório de classificação de risco de crédito pelo devedor ou emissor classificado, por uma parte relacionada que não seja o devedor ou o emissor classificado, pelo patrocinador (“sponsor”), subscritor (“underwriter”), ou o depositante do instrumento, título ou valor mobiliário que está sendo avaliado.

Metodologia Aplicada e Pesquisa Relacionada:

— Metodologia de Ratings Corporativos (21 de dezembro de 2020);

— Vínculo Entre Ratings de Controladoras e Subsidiárias (26 de agosto de 2020);

— Metodologia de Ratings em Escala Nacional (22 de dezembro de 2020).

Ações de classificação
ENTIDADE / DÉBITO AVALIAÇÃO ANTERIOR
Unidas SA Natl LT AA + (bom) Observação de classificação mantida AA + (bom)
Companhia de Locacao das Americas – LOCAMERICA Natl LT AA + (bom) Observação de classificação mantida AA + (bom)

Fitch Ratings manteve o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AA+(bra)’ da Cia de Locação das Américas – Locamérica e sua subsidiária integral Unidas

Fonte:  Fitch Ratings   

Translate »
WhatsApp chat