Lucro da Unidas sobe 304% no primeiro trimestre

SÃO PAULO  –  A locadora Unidas, nome mantido pela companhia resultante da fusão com a Locamerica em 2018, registrou lucro líquido atribuído aos acionistas controladores de R$ 73,8 milhões, 304,4% superior ao mesmo período do ano passado, de R$ 18,2 milhões.

No informe de resultados, a empresa destaca que todas as informações do primeiro trimestre de 2018 estão apresentadas de forma combinada, no qual considera-se a soma dos resultados da Locamerica e da Unidas desde 1º de janeiro de 2018. O balanço também considera as mudanças da nova regra contábil IFRS 16.

A receita de venda de bens e serviços, também na comparação anual, avançou 151,8%, para R$ 1,052 bilhão, enquanto o custo subiu 152,5%, para R$ 741,2 milhões.

A empresa também divulga, no informe de resultados, a receita líquida consolidada, que foi de R$ 1,027 bilhão, alta de 34,3% contra o resultado combinado (Unidas e Locamerica) do ano passado, de R$ 765,2 milhões.

Deste total, R$ 523,4 milhões foram da venda de veículos seminovos, uma alta de 37,7%. Já a receita com locação somou R$ 504,3 milhões, alta de 31%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 290,1 milhões, alta anual de 36,9%. A margem Ebitda passou de 55% para 57,5%.

A despesa financeira líquida somou R$ 97,5 milhões de janeiro a março de 2019, um aumento de 20,8% em relação aos R$ 80,6 milhões registrados no mesmo período do ano passado.

 

Fonte: Valor

Translate »
WhatsApp chat