Localiza e Movida serão menos afetadas por pandemia que concorrentes globais, diz Moody’s

As locadoras de veículos Localiza e Movida devem ser menos afetadas pela crise provocada pela pandemia do que concorrentes globais, como Avis e Hertz, segundo a avaliação da agência de classificação de riscos Moody’s.

O motivo, dizem os analistas, é o fato das receitas das companhias brasileiras serem mais diversas e do mercado de veículos usados apresentar liquidez e escala.

“Enquanto as locadoras globais buscam alternativas para evitar a queima de caixa, a dinâmica positiva do segmento no Brasil, em conjunto com a resiliência das operações, dão suporte à qualidade de crédito do setor mesmo com a pandemia”, afirma a Moody’s em relatório.

Para os analistas, as empresas de locação brasileiras “têm um gerenciamento significativamente maior de suas frotas quando comparadas aos pares globais” e dependem mais de clientes corporativos e de clientes com contratos mensais — que dão mais estabilidade à receita do que os clientes que fazem contratos à vista.

Fora isso, apontam, nos Estados Unidos a maior parte do faturamento das companhias de locação está ligada às operações em aeroportos, fortemente afetadas no momento atual. Entre as brasileiras, entre 20% e 30% das receitas vêm do aluguel em aeroportos. “Tal diversificação impediu um declínio mais significativo nas taxas de utilização no Brasil durante os meses de restrições de mobilidade mais severas”, concluem.

O rating da Localiza apresentado pela Moody’s é “Ba2” ou “Aa1”, em escala nacional, com perspectiva negativa. A Movida não está no universo de cobertura da agência de classificação de risco.

(Conteúdo originalmente publicado no Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor)

Fonte: https://valorinveste.globo.com/noticia/2020/06/22/localiza-e-movida-serao-menos-afetadas-por-pandemia-que-concorrentes-globais-diz-moodys.ghtml

Translate »
WhatsApp chat