Volkswagen estuda compra de participação na Sixt, segundo revista

A fabricante de veículos alemã Volkswagen está avaliando a compra de participação na Sixt, que também é uma empresa alemã, mas de aluguel de veículos, após um diálogo entre as duas companhias, de acordo informaram fontes a revista ‘Manager Magazin’.

Nesse cenário a Volkswagem considera comprar cerca de 15% da Sixt. O total, no entanto, provavelmente será dividido entre ações ordinárias e preferenciais da companhia.

Além disso, vale destacar que a companhia de aluguel de carros está se organizando para aumentar seu capital. Apesar disso, pessoas com conhecimento das negociações indicaram que a companhia não é contra mais um acionista âncora .

Volkswagen registra prejuízo no 2T20

A Volkswagen reduziu seu plano de pagamento de dividendos no fim de julho ao registrar prejuízo líquido de € 1,61 bilhões (cerca de R$ 9,81 bilhões) no segundo trimestre de 2020. No entanto, a maior montadora de automóveis do mundo também indicou otimismo com os sinais de que os mercados da Europa Ocidental e dos EUA estão melhorando.

Cabe lembrar que no segundo trimestre de 2019, a fabricante havia registrado lucro líquido de € 3,96 bilhões e receita de € 65,19 bilhões. Porém, entre abril e junho de 2020, a companhia teve uma caída de 37% em sua receita, para € 41,08 bilhões, já que as vendas diminuíram em todo o mundo devido às paralisações econômicas para conter a pandemia do coronavírus (Covid-19).

“A primeira metade de 2020 foi uma das mais desafiadoras da história da empresa devido à pandemia do Covid-19”, disse o diretor financeiro Frank Witter.

Volkswagen disse que, devido ao impacto da pandemia e à dificuldade em prever o futuro, a empresa fará uma proposta de redução de seu dividendo aos acionistas de 2019 para € 4,8 por ação ordinária, em comparação com uma proposta anterior de € 6,5 por ação ordinária, e € 4,86 ​​por ação preferencial, em vez de € 6,56.

FONTE: SUNO RESEARCH

Translate »
WhatsApp chat