Estoque reduzido de 0 km amplia negócios com seminovos

Abaixa oferta de modelos 0 km por causa da falta de componentes, principalmente semicondutores, que está provocando gargalos nas linhas de produção das montadoras, está movimentando o mercado de veículos usados, em especial o de seminovos, aqueles com até 3 anos de uso.

De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 6, pela Fenauto, Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores, o mercado de usado apresentou alta de de 18,5% em maio sobre abril, com vendas de, respectivamente, 1.325.336 e 1.118.285 de unidades.

No caso dos seminovos, o crescimento chegou a 20,3%, com 224.940 veículos comercializados no mês passado ante os 186.957 de abril. Nesse mesmo comparativo, os demais segmentos registraram índices um pouco menor de alta. A expansão foi 16,9% entre os modelos chamados jovens, com 4 a 8 anos de uso, de 18,2% nos com faixa de idade entre 8 e 12 anos e de 19,5% no segmento dos velhinhos, ou seja, aqueles com mais de 13 anos.

Na avaliação do presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos, o resultado positivo aponta um bom momento do setor, “que deve continuar nas próximas semanas caso não aconteça nenhum retrocesso em função do agravamento da pandemia”.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, o mercado de veículos usados registra elevação de 59,2%, com pouco mais de 6 milhões de transações no período, ante as 3,78 milhões de janeiro a maio de 2020. Vale lembrar que o setor foi fortemente impactado nos meses de março a maio do ano passado, por causa do fechamento das lojas em função das medidas de isolamento social impostas pela chegada da pandemia da Covid-19 no País.

O curioso no balanço do acumulado de 2021 é a forte expansão do mercado dos chamados velhinhos. A alta chegou a 80,6%, a maior dentre todos os segmentos, com o fechamento de 1,32 milhão de negócios este ano.

Na faixa dos seminovos, que vem crescendo a partir da queda dos estoques de modelos 0 km nas concessionárias, houve expansão de 55,8%, com 973.803 transações de janeiro a maio deste ano. Os três modelos mais procurados em maio foram o VW Gol, Fiat Uno e Fiat Palio, com 74.325, 43.542 e 42.407 unidades, respectivamente.

Fonte: Auto Industria

Translate »
WhatsApp chat