Mais de 50% dos brasileiros já utilizam Apps de mobilidade para locomoção, segundo pesquisa

Crescimento do setor fez surgir negócios especializados na oferta de serviços para os motoristas

Nos últimos anos, o uso de aplicativos de mobilidade para locomoção como Uber, Cabify e 99 tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil, nos colocando em 5º lugar no ranking dos países que mais usam esse tipo de serviço no mundo, segundo levantamento da empresa Dalia Research.

Uma pesquisa realizada pelo Grupo Zap reforçou as dimensões desse mercado e apontou que 52% dos brasileiros utilizam aplicativos de mobilidade para deslocamento. O crescimento acelerado vem contribuindo para o surgimento de inúmeros modelos de negócios, com iniciativas readaptadas para atender exclusivamente os motoristas desses aplicativos, como lava-rápidos e locadoras especializados em serviços para esse público.

É o caso da PPCar – Startup de tecnologia que oferece um modelo de assinatura para locação de veículos único no segmento. A empresa tem seu foco em motoristas que não possuem carro próprio, com benefícios exclusivos e preços muito competitivos. A aceitação é refletida no crescimento acelerado: em 2017 faturou 6,9 milhões de reais e já movimentou R$ 10,9 milhões de reais, somente no primeiro semestre deste ano.

A expectativa é chegar aos 730,6 milhões de reais até 2023. A organização paulistana está expandindo suas operações para mais 12 cidades brasileiras, e já inaugurou unidades no México e em Portugal.

A projeção de crescimento da empresa é baseada na expectativa de alta deste setor, pois somente em um ano o número de motoristas cadastrados no Uber, um dos principais aplicativos de mobilidade, saltou de 50 mil para 500 mil, no Brasil, de outubro de 2016 ao mesmo período de 2017, segundo dados divulgados pela própria empresa.

A PPCar possui como principal diferencial um modelo de assinatura com cobrança semanal, pré-pago, que custa a partir de 459 reais, e dispensa a consulta a órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Segundo o CEO da PPCar, Alexandre Ribeiro, essa é uma forma de oferecer mais oportunidades para quem deseja ingressar como motorista de aplicativos de mobilidade, além de reduzir a falta de pagamentos. “Com essa iniciativa temos uma inadimplência de menos de 1%”, comenta.

O processo de locação dos veículos também é feito de maneira agilizada. “Como o nosso modelo de assinatura é semanal, para assinar os serviços é preciso realizar um cadastro prévio em nosso site, após a validação da documentação, em até 48h aprovamos o registro do motorista”, explica Ricardo Vilela, diretor de tecnologia da PPCar. A empresa também investe alto em tecnologia, utilizando softwares avançados como o de reconhecimento facial e outras inovações que ajudam a manter seu crescimento acelerado com bastante segurança.

Com a alta rentabilidade do negócio,a previsão da empresa que possui unidades nas cidades de São Paulo (SP), Santos (SP), Rio de Janeiro  (RJ) e Porto Alegre (RS), Lisboa (Portugal) e Cidade do México é abrir 52 unidades até o final de 2019.

Translate »