Verdade dos preços – tarifas

sini

 
Preços
A decisão sobre o preço das tarifas é uma decisão administrativa, que compete a cada uma das locadoras, sem quaisquer ingerências ou sugestões da ABLA. No entanto, é possível afirmar que, no Brasil, o setor de locação de automóveis pratica, em média, preços comparativamente mais baixos em relação a outros países, inclusive em relação aos preços verificados hoje nos Estados Unidos, mais especificamente na Flórida. Desde a implantação do Plano Real, em 1994, nossa tarifa média sofreu redução em valores reais (descontada a inflação).
De lá para cá, as locadoras que atuam com responsabilidade promoveram revisões em suas operações, em busca não somente de uma estrutura adequada à realidade do mercado nacional, mas sobretudo visando a ganhos em escala, que pudessem viabilizar essa política de preços enxutos.
O êxito dessas locadoras certamente tem sido decisivo para o desenvolvimento da cultura da locação entre os clientes brasileiros. Preços comparativamente mais baixos que os do exterior têm gerado mais locações e economia de escala, permitindo mais investimentos e aumentando o volume de carros adquiridos.
Todavia, é preciso que a definição das tarifas, que, repetimos, é uma decisão administrativa que compete a cada uma das locadoras, obedeça a princípios elementares de manutenção da locação como atividade produtiva, geradora de divisas e de empregos. Alugar por preços que sequer pagam o financiamento do carro locado é uma prática autofágica, que certamente leva à falência de quem nela apostar.
Segundo os indicadores da ABLA, o número de empresas que atuam no setor diminuiu nos últimos anos. Exatamente porque muitas locadoras que operavam com valores abaixo da realidade tiveram de fechar as portas. O mercado dá provas de que não há espaço para esse tipo de estratégia, que desvirtua a própria atividade. O cliente precisa estar ciente de que a tarifa mantida dentro da realidade é positiva também para ele, pois é mais um fator favorável à qualidade esperada da locação de automóveis.
De todo modo, os preços do mercado brasileiro já são os melhores possíveis para o cliente, seja pessoa física ou jurídica. O preço justo cobrado no Brasil pela locação de automóveis tem sido um ponto de partida importante para um crescimento sustentado do negócio, que certamente verificaremos também ao longo dos próximos anos.
 
Fonte: ABLA

Translate »