Unidas negocia venda à americana Enterprise

A Unidas, segunda maior empresa de locação de veículos do mercado brasileiro, em receita, negocia a venda da operação ao grupo americano Enterprise, maior do setor no mundo. Segundo fonte a par do assunto, as conversas estão em estágio inicial.
As empresas anunciaram um acordo comercial há três anos – clientes da Enterprise que vêm ao Brasil são atendidos pela Unidas, e vice-versa.
A Unidas passou por delicada reestruturação nos últimos anos, até sair da crise e começar a ser sondada por interessados. A Localiza, líder do setor no Brasil, chegou a iniciar conversas para comprar a Unidas em 2014, mas a barreira do preço teria impedido um acordo, disseram outras fontes.
A Enterprise controla as marcas Enterprise RentACar, Alamo Car Rent A Car, National Car Rental e Enterprise CarShare. Sua frota soma 1,7 milhão de carros e caminhões. A receita bruta é de quase US$ 20 bilhões em 2015.
Entre os acionistas da Unidas, com receita líquida de R$ 850 milhões até setembro, estão os fundos Gávea, Vinci e Kinea, cada um com 21,75% das ações. O lucro líquido da Unidas caiu 23% até setembro, para cerca de R$ 28 milhões e a receita líquida subiu 16%.
O setor de locação no país enfrenta um acirramento da concorrência, em parte pela maior agressividade da Movida, do grupo JSL.
Procuradas pelo Valor, Unidas e Enterprise não comentaram.
Fonte: Valor Econômico

Translate »