Terceirização de frota gera economia de 21% ao mês

car

 
O Brasil possui 5 milhões de veículos corporativos em operação e destes apenas 6,2% – ou 300 mil carros – pertencem a empresas especializadas em gerenciamento de frotas.
O avanço da terceirização dos carros corporativos em empresas de diversos segmentos ainda esbarra na cultura patrimonialista do empresário brasileiro que valoriza o carro como um bem. « A posse do carro deveria ser considerada como uma despesa », avalia Ricardo de Bolle, diretor comercial da Arval Brasil, multinacional francesa especializada em terceirização de frotas de veículos de empresas que faz parte do grupo BNP Paribas.
Este cenário vem mudando aos poucos e a terceirização de frotas – fenômeno ainda recente no Brasil – vem ganhando mais adeptos graças a economia real dos custos de operação de uma empresa. A expectativa é de que este mercado cresça 7,8% em 2014. Segundo dados da pesquisa global Corporate Vehicle Observatory 2014 (CVO), 42% dos entrevistados no Brasil acreditam que a frota deve crescer nos próximos três anos, contra apenas 3% que projetam diminuição.
Segundo De Bolle, o principal argumento para convencer as empresas a terceirizar o serviço é desmistificar que o carro é um investimento. A metodologia usada para demonstrar todos os custos aparentes e não aparentes de um carro é o TCO (sigla em inglês para Custo Total de Propriedade) . Por meio do TCO é possível avaliar o custo do bem, a manutenção periódica, o seguro, impostos regulares e a depreciação. Desta maneira é possível presumir, por exemplo, que para manter um carro, quase 70% dos custos vem do combustível, manutenção, seguros, multas etc. Ao terceirizar, o cliente tem a vantagem de concentrar todo o gerenciamento da frota em apenas um fornecedor, sem precisar disponibilizar recursos internos. Confira as vantagens da terceirização de frotas:
– A economia com a terceirização pode chegar a 21% por mês. Ou seja, o custo mensal de um automóvel comprado para frota, em 36 meses, custa em média R$ 2,3 mil por mês à empresa proprietária. Se o veículo for locado, esse total mensal cai para R$ 1,9 mil.
– A empresa não precisa contratar um gestor de frota porque todos os controles e registros são entregues pela prestadora de serviço.
– Os serviços são centralizados pela gestora de frotas contratada e o cliente não precisa se preocupar com agendamento de revisões e reparos, manutenções preventivas e corretivas, gerenciamento de pneus, multas, veículo reserva, seguro e gestão de sinistros e vistoria.
– Para aumentar a frota, a empresa não compromete suas linhas de crédito, nem necessita de grande disponibilidade de recursos no caixa.
– Os custos são fixos durante toda a vigência do contrato, não havendo gastos inesperados que afetem o fluxo de caixa.
Sobre a Arval – Fundada em 1989, a Arval, parte do Grupo BNP Paribas, é especializada em terceirização de frotas, oferecendo soluções para empresas aumentarem a produtividade dos colaboradores e terceirizarem os riscos associados ao gerenciamento de frotas. Consultoria e qualidade nos serviços são fundamentais para atender as expectativas dos clientes da Arval, que está presente em 39 países, mais de 4.000 colaboradores. A Arval possui mais de 700 mil veículos no mundo e no Brasil, presente desde 2006, possui uma frota de 14 mil veículos com mais de 300 clientes em todo o país.
www.arvalbrasil.com.br
Fonte: Segs

Translate »