Sudeste concentra metade das locadoras de veículos

l

Das 7.455 locadoras de veículos em atividade no país, 55% se concentram na Região Sudeste. O mercado regional também se destaca pela diversificação de perfis, com participação expressiva tanto na terceirização de frotas quanto na demanda para o turismo de negócios e locações para viagens de lazer.
A região possui 4.195 locadoras e 619.648 veículos. Os dados são da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), que divulgou na semana passada as principais informações do setor referentes a 2015. O Estado de São Paulo é líder isolado com 374.645 veículos. Em seguida aparece Minas Gerais, com 143.450. O Espírito Santo fecha a lista dos estados do Sudeste e registra crescimento anual da frota. No entanto, o mercado regional ainda poderia ter um desempenho melhor, segundo a ABLA, com políticas públicas de incentivo ao setor para baratear o crédito.
Na região Norte, a terceirização de frotas para empresas públicas e privadas é o principal nicho para o mercado de locação. Já as grandes distâncias e condições de infraestrutura ajudaram a diminuir a demanda das locações diárias pelo turismo. Entre os Estados, o Pará concentra a maior frota com 55.618 veículos.
O Nordeste brasileiro, que tem locações diárias intensas para viagens de negócio e de lazer, tem reflexo ainda mais positivo na temporada de verão, quando cresce a demanda diária por veículos de aluguel na maior parte dos estados. O veículo preferido na região ainda é o 1.0, com ar e direção hidráulica, mas a procura por motores mais potentes está em alta. Pernambuco, Bahia e Ceará são os estados com as frotas mais volumosas.
O agronegócio, ponto forte da economia no Centro-Oeste, também é o principal motor da locação de veículos na região. Os períodos de safra e entressafra são determinantes para utilização de veículos alugados, com sazonalidade marcante. Os períodos de chuva e de seca têm grande demanda pelo serviço, que se destaca em Goiás, Mao Grosso e Mato Grosso do Sul.
No Sul, a terceirização de frotas é consolidada com demanda importante nos três estados. O aluguel diário para turismo de lazer é maior no período de férias escolares, com Santa Catarina e Serra Gaúcha no topo dos destinos. O Paraná reúne a maior parte das locadoras na região. Os modelos mais locados são aqueles com motor 1.0 e ar-condicionado.
Confira a relação de locadoras e frotas regionais:

Região Locadoras Frota
Norte 457 20.609
Nordeste 1.195 93.691
Centro-Oeste 390 41.036
Sudeste 4.195 619.648
Sul 1.218 78.233
Total 7.455 853.217

Lucrativo
As locadoras de veículos tiveram relevante papel em 2015 no faturamento da indústria automotiva. A ABLA revela o setor como maior cliente da indústria nacional. Naquele ano, que encerrou com um saldo negativo de 26,6% no volume de vendas das fabricantes em relação a 2014, as locadoras compraram 338 mil veículos, o equivalente a 14% das 2,4 milhões de unidades negociadas no período.
A maior parte dos veículos comprados foi da montadora Fiat (16,4%); seguida pela Renault (11,9%), Volkswagen (10,5%), Ford (7,9%), GM (6,9%) e Nissan (2,1%).
Levantamento aponta ainda que o faturamento das locadoras de veículos atingiu R$ 16,2 bilhões. O número de empresas do setor chegou a 7.455 e a frota total de veículos de locação atingiu 853.217 unidades.
Fonte: Radar Nacional

Translate »