SINDLOC-MG ofereceu palestra sobre como evitar a ação de estelionatários

tratada9
Saber examinar a documentação de um possível estelionatário, conhecer os termos corretos para registro do boletim de ocorrência, identificar ações preventivas. Tudo isso fez parte da fala do investigador da Polícia Civil Ronei Vital, que ministrou ontem, dia 10 de novembro, a palestra “Gestão de risco criminal e operacional”.
O evento com lotação máxima do auditório do SINDLOC-MG, com a presença de 66 pessoas, entre associados, parceiros e fornecedores, foi gratuito e ainda contou, na sequência, com um churrasco de confraternização oferecido pela Auto Truck.
Para Ronei Vital, entre as ações preventivas fundamentais estão coisas simples como a instalação de câmeras no ambiente de contratação, análise de documentos detalhada, cruzamentos de dados do contratante, confronto de assinaturas e instalação de equipamentos de rastreadores nos veículos.
Ele lembrou também que o SINDLOC-MG possui um banco de dados que pode colaborar na elaboração de estatísticas sobre furtos e roubos entre as locadoras de Minas Gerais. “É uma importante ferramenta que pode ser ampliada. Por exemplo, o banco de dados do sindicato pode passar a ter fotografias de possíveis estelionatários para uso interno dos associados”, afirma Vital.
Tema necessário em tempos de aumento de crime contra o patrimônio, a palestra de Ronei Vital despertou para a maior vigilância dos profissionais do mercado de locação na hora da contratação, mas também mostrou a importância dos empresários se unirem em busca de estratégias de prevenção para crimes como esses, cada vez mais comuns no cotidiano das empresas do aluguel de veículos.
Por Leandro Lopes (texto e foto).

Translate »