Onde chegamos e onde queremos chegar?

noticia3_site

Quem acompanha as ações do Sindicato das Empresas Locadoras de Automóveis do Estado de Minas Gerais – SINDLOC-MG – sabe que, há anos, a instituição trabalha para profissionalizar o setor e cuidar das pessoas que o fazem acontecer. Uma pluralidade de cursos é oferecida ano a ano em busca de capacitação, novos parceiros chegam para agregar valores, entram novos associados, cria-se respeito. Não é por acaso que o SINDLOC-MG é o maior sindicato da categoria no Brasil e tem a admiração das entidades nacionais, como a Associação Brasileiras das Locadoras de Automóveis – Abla – e a Federação Nacional das Empresas de Locadoras de Veículos Automotores – Fenaloc.
Dia 25 de março, os diretores do sindicato decidiram pausar suas atividades cotidianas nas suas empresas e reservar todo o dia para se perguntar: onde o SINDLOC-MG chegou? Onde queremos chegar? Uma reflexão existencial da entidade denominada “Planejamento Estratégico” que aconteceu no Promenade Champagnat, na Savassi, em Belo Horizonte. O encontro fez os diretores trabalharem desde conceitos como a missão, visão e os princípios da entidade, até ações práticas, como os próximos cursos, criação de mais benefícios diretos para os associados e etc.
“Ter uma base conceitual do que somos e do que queremos ser significa ter a chance de, tempos em tempos, se pensar o que de fato está sendo feito e o que é preciso melhorar”, afirma Raimundo Teixeira, Diretor Tesoureiro do SINDLOC-MG. Segundo ele, os termos conceituais do sindicato foram criados há mais de 10 anos e por isso, estava na hora de mudar. “O mercado mudou, nossos associados avançaram, o modelo de gestão do sindicato também se alterou ao longo deste tempo. Por isso, reformular é preciso”.
Para organizar as linhas de pensamentos e de planejamento, o SINDLOC-MG convidou o mestre em administração e doutor em filosofia, João Bosco. “É a frase atribuída a Sêneca que move esse encontro: ‘Não existe vento favorável, para quem não sabe o porto onde quer chegar’. Existem nestes diretores uma preocupação em saber conscientemente o que estão fazendo e o que querem fazer. Isso é fundamental porque o fortalecimento do SINDLOC-MG irá gerar o fortalecimento dos seus diretores que, consequentemente, dará no fortalecimento dos seus associados”, afirma João.
De fato, ao final do dia, a impressão que se tinha era que os diretores e a entidade saiam agigantados daquele encontro. E isso, certamente, irá chegar até seus associados. Para ver mais imagens do dia de ontem, acesse o facebook.com/sindlocminasgerais.
 
Fonte: www.sindlocmg.com.br

Translate »