MG: PM renova frota com Fiat Linea, Adventure e Chevrolet S10 Flex em Minas

viaturas_pm_mg
Comandantes e soldados da Polícia Militar vão circular com novas viaturas em Minas Gerais. Fiat Linea, Palio Attractive e Adventure e Chevrolet S10 Flex cabine dupla serão alguns dos novos veículos utilizados pela força policial em contratos já assinados de locação e compra pela corporação.
Com frota estimada em 10.000 veículos, a proposta renovar todos em longo prazo, reduzindo a idade média da viaturas. A prioridade será para as unidades localizadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte e atividades especializadas. Os primeiros veículos chegaram em outubro. A previsão é que até fevereiro de 2016 mais viaturas sejam entregues, já adaptadas como veículos militares. “Queremos possibilitar viaturas adequadas à atividade que cada policial executa no enfrentamento vivenciado. Assim, priorizamos aquisição e locação de viaturas com cilindrada mínima de 1.8 e 2.4 para automóveis e 300 e 600 cilindradas nas motos para quem está na linha de frente de combate” explica o coronel Fernando Arantes, diretor de Apoio Logístico (DAL) da PM.
A principal fornecedora da PM será a Fiat, que tem fábrica em Betim. A marca italiana venceu a licitação por oferecer menor preço em vários veículos solicitados pela corporação. Chevrolet também vai fornecer viaturas, dentro da nova estratégia para atividade ostensiva. Além disso, a Mitsubishi é desde o ano passado é marca conhecida de viaturas táticas com o SUV Pajero Dakar.
“Estamos num processo para renovar toda a frota no estado. Onde o regime de emprego das viaturas é mais pesado, com rondas e operações, optamos pela locação. No caso de veículos de uso administrativo e de inteligência, realizamos a aquisição. Nesse caso, o custo de manutenção vale a pena”, explica o militar
O principal veículo utilizado pela PMMG para blitzes e rondas será o Fiat Weekend Adventure, com cela instalada no porta-malas, sinalizador, GPS e Rastreador AVL (Automatic Vehicle Location – Localização Automática De Veículos – para conexão entre a central de comando e a viatura). O modelo tem o velho conhecido motor E.torQ 1.8 16V com 130 (G)/ 132 (E) cavalos a 5.250 rpm e torque de 18,4 /18,9 kgf.m a 4.500 rpm. O câmbio é manual e a direção hidráulica. As rodas são de liga leve.
Já estão no pátio algumas unidades que serão destinadas ao Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (PMRv). Esses modelos foram licitados com valor unitário de R$ 65.000. Outras viaturas semelhantes serão locadas para atender unidades que utilizam o carro dia e noite em patrulhas e operações ostensivas. O custo mensal será de R$ 2.945.
Para atividades como patrulha do bairro e escola, serão utilizados Fiat Palio Attractive com motor 1.4 de 85 (E)/88(G) cavalos a 5.750 rpm e torque de 12,4 (G)/12,5 (E) kgf.m a 3.500 rpm. O veículo não possui cela, mas é equipado com GPS/AVL Rastreador e rádio móvel digital. Haverá versões com as cores da PM e viaturas descaracterizadas. O custo mensal de locação é de R$ 1.930.
Forças Táticas
Outro modelo que entra em operação em atividades especializadas, como as companhias de Tático Móvel dos batalhões locais e unidades de Batalhão Choque e Gate (Grupo de Ações Táticas Especiais) será a caminhonete Chevrolet S10 LT flex cabine dupla. O utilitário tem motor Ecotec 2.5 16V com 197 (G) / 206 (E) cv de potência a 6.300/6.000 rpm e torque máximo de 26,3 / 27,3 kgf.m a 4400rpm. O câmbio é manual de seis velocidades, com direção hidráulica.
“Procuramos escolher um veículo robusto para atividades mais ostensivas e policiamento qualificado. Queremos um carro que seja capaz de chegar ao local de operação e ‘resolver’, com potência e força necessária. Teremos opção com a caçamba aberta e outras com cela instalada nesse local. Os SUVs atuais têm alto grau de requinte, o que é dispensável para as viaturas. Assim, batemos o martelo em trabalhar com caminhonete cabine dupla”, explica Arantes.
As S10 cabine dupla serão locadas ao custo mensal R$ 6.448,55 com tração 4×2 e R$ 5.000 com 4×4. Viatura semelhante também será comprada com preço licitado de R$ 114.000. Todos devem ter sinalizador, GPS com rastreador AVL e pré disposição para rádio.
Comandantes de diversas unidades da PM também estão com viaturas novas. Saiu o Ford Focus 2.0 e entra o Fiat Linea Essence 1.8 manual. A marca italiana mais uma vez se deu bem na licitação e vai oferecer o sedã aos oficiais superiores e atividades de inteligência policial. O carro tem o mesmo motor E.torQ 1.8 16V com 130 (G)/ 132 (E) cavalos a 5.250 rpm e torque de 18,4 /18,9 kgf.m a 4.500 rpm. A direção é hidráulica e o câmbio manual de cinco marchas.
O veículo será descaracterizado, com pintura metálica, rádio transceptor móvel digital embarcado e GPS AVL localizador. Baseada na versão Essence, a viatura oferece os mesmos itens de série, como, airbags laterais, retrovisor eletrocrômico, regulagem elétrica de faróis e rodas de liga-leve de 15”. O custo do modelo é de R$ 55 mil, ante os R$ 62,4 mil do valor ao consumidor.
“Esse modelo tem uma finalidade já prevista no portfólio de serviços da PM e substitui o modelo anterior, que já tinha cinco anos de operação. Esses também utilizados na coordenação estratégica de ocorrências e tem sirene e giroflex”, informa o coronel.
O projeto de renovação segue um modelo aprovado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do governo do estado. Além da aquisição e locação, está prevista a alienação (venda) dos modelos usados com uma novidade. “Agora os leilões serão regionalizados. Começamos pelo polo de Governador Valadares e próximo será no Sul de Minas. Isso reduz custos, já que antes o custo de trazer as viaturas para a capital”, detalha o militar. Cerca de 1.100 veículos já foram leiloados em 2015. Outra proposta é aprimorar a manutenção da frota. Servidores serão contratados para o conserto das viaturas, liberando os policiais para as atividade de segurança pública.
Além dos modelos, várias outras viaturas estão envolvidas no projeto de renovação, mas em menor quantidade do que S10 e Adventure. Só da Fiat, também serão adquiridos Doblò, Ducato, Strada e Uno.
Por Thiago Ventura, do Portal Vrum.

Translate »