Lucro líquido da Unidas cresce 105,3% no 1º semestre

Unidas logo

 
A Unidas anunciou nesta terça-feira, 05, os resultados do segundo trimestre e do primeiro semestre de 2014. No primeiro semestre de 2014, a Companhia registrou Lucro Líquido de R$ 23,4 milhões, resultado 105,3% superior ao registrado no 1S13.
Nos seis primeiros meses do ano, a Receita Líquida consolidada da empresa atingiu R$ 473 milhões, resultado 21,2% superior ao registrado no primeiro semestre de 2013. O crescimento expressivo se deu tanto no segmento de Locação (crescimento de 15,7%) quanto nas Vendas de Seminovos (crescimento de 30,1%). No 2T14, a Receita Líquida consolidada da empresa atingiu R$ 237,2 milhões, resultado 14,1% superior ao registrado no mesmo período do ano anterior.
No 1S14, a Receita Líquida de Locação (que inclui Aluguel de Carros, Terceirização de Frotas e Franquias) foi de R$ 278,8 milhões, sendo esta 15,7% superior à obtida no mesmo período de 2013. Na comparação com o segundo trimestre de 2013, a Receita Líquida de Locação aumentou 9,2%, passando de R$ 126,6 milhões no 2T13 para R$ 138,2 milhões no mesmo período de 2014.
Destaque para o crescimento de 46,7% do segmento de Aluguel de Carros (RaC) no 2T14, cuja a Receita Líquida chegou a R$ 64 milhões. O resultado pode ser atribuído principalmente ao aumento do número de diárias em 51,4%. Já a taxa de ocupação  deste segmento no período foi de 74%, 1,7 pontos percentuais acima da realizada no 2T13.  Os números refletem a busca continua por eficiência na utilização da frota operacional da empresa.
No primeiro semestre deste ano, a Receita Líquida do segmento de Aluguel de Carros (RaC) foi de R$ 126,7 milhões, resultado 45,8% superior ao obtido no 1S13.
No 2T14, a área de Seminovos apresentou um crescimento de Receita de 22%, passando de R$ 81,2 milhões no 2T13 para R$ 99 milhões. O resultado é atribuído ao aumento de 12,8% no número de carros vendidos, no comparativo entre os períodos, atingindo a marca de 3.990 carros vendidos no 2T14 e alcançando o menor nível de estoque dos últimos cinco anos. No primeiro semestre deste ano, a Receita da área de Seminovos atingiu o montante de R$ 194,2 milhões, 30,1% superior à obtida no mesmo período do ano anterior.
A Companhia encerrou os seis primeiros meses do ano com 192 estabelecimentos de aluguel e venda de veículos, sendo 97 lojas próprias e 95 franqueadas.
No primeiro semestre de 2014, o EBITDA consolidado foi de R$ 152,6 milhões, resultado 17% superior aos R$ 130,4 milhões registrados no 1S13. No 2T14, o EBITDA consolidado cresceu 4% atingindo o valor de R$ 73,1 milhões. Quando considerado apenas o segmento de aluguel de carros, no 1S14, o EBITDA foi 12,1% superior ao registrado no mesmo período de 2013, passando de R$ 125,3 milhões para R$ 140,4 milhões. No 2T14, o EBITDA do segmento de aluguel de carros foi de R$ 65,5 milhões, em linha com o obtido no mesmo período do ano anterior.
Como resultado, ao final do 2T14, o endividamento bruto da empresa, incluindo os encargos, atingiu R$ 802 milhões que, descontando o valor do caixa e equivalentes e das aplicações financeiras, resultaram numa dívida líquida de R$611,3 milhões. O índice de alavancagem financeira da Companhia, representado pela Dívida Líquida sobre o EBITDA (últimos 12 meses) se manteve em 2,0x.
(Redação – Agência IN)
 
Fonte: Investimentos e Notícias

Translate »