Locação de veículos resulta em 77% de economia com conserto

A terceirização da frota da Prefeitura, em vigor desde janeiro, reduziu em 77% os gastos públicos com a manutenção de veículos. O índice aparece no primeiro levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana desde que a locação foi implantada pelo prefeito Paulo Hadich (PSB) há dez meses.
Os números obtidos pela Gazeta mostram que em 2012 a Prefeitura gastou quase um milhão de reais em consertos – R$ 975.389. Além do valor mais elevado, problemas como demora para requisição da manutenção e conclusão atrapalharam o funcionamento de diversos serviços públicos, inclusive da Secretaria de Segurança Pública.
Em 2013, com a mudança na gestão do departamento de frota interna, o valor caiu para R$ 560.258. Neste ano, entre janeiro e outubro, com a locação, a queda foi maior – R$ 220.294.
Sebastião Pinto de Souza, assessor executivo da pasta, esclarece que esse montante refere aos veículos que já pertenciam à frota municipal ou cuja substituição por aluguel é inviável, como os caminhões.
Já o gasto com aluguel neste ano foi de R$ 1.310.629 em dez meses, sendo R$ 610.793 somente com os veículos da Secretaria Municipal de Segurança Pública. Atualmente a frota locada é de 78 unidades – 70 leves e 8 motos para toda a Prefeitura.
Considerando o valor médio de R$ 50 mil de cada unidade, segundo ele, a compra totalizaria R$ 3,9 milhões de gastos para os cofres municipais. “Além da economia com a compra e com a manutenção, com a locação o Município não banca despesas como pagamento de impostos, licenciamento ou seguro”, afirma.
Por Érica Samara da Silva, Da Gazeta de Limeira, SP.

Translate »