Janeiro virá com comissão menor em locação de veículos

loc
As locadoras de veículos internacionais anunciaram às operadoras brasileiras que a partir de 2015 suas comissões estarão menores. Na média, as operadoras passarão a ganhar 25% (contra cerca de 30% atualmente).
Consequentemente, as distribuidoras terão de repassar esse corte (ou parte dele) às agências de viagens, que hoje ganham 15% de comissão. Boa parte das operadoras deve absorver uma parte do corte e pagar 12% às agências. Empresas como Interep, Mobility, MMTGapnet, Trend, Agaxtur, New Line e RCA já estão com seus comunicados ao mercado prontos, anunciando a necessidade do corte de comissão a partir de 2015 (para reservas feitas de 1º de janeiro em diante).
Segundo apurou o Portal PANROTAS, a América do Sul era a última região com uma comissão mais alta para as operadoras. Também o custo das locadoras com a comissão das tarifas all inclusive (que incluem taxas e seguros) serviu como justificativa. “Como o mercado está mais maduro, não é necessária uma isca tão grande para atrair negócios”, disse um dos executivos que falaram ao Portal PANROTAS. “Mas continuará sendo uma comissão tão ou mais atraente que a hotelaria”, analisa.
A tendência é que as agências, que já cobram taxas de serviço para a emissão aérea, acabem incorporando essa e outras vendas nesse fee.
Algumas locadoras optaram por baixar a comissão por região, portanto, algumas locações na Europa, por exemplo, dependendo da empresa, continuarão pagando 15%.
A dúvida agora é em relação à venda direta das locadoras para as agências. Ainda não houve anúncio de corte nesse canal também, mas as operadoras esperam que haja equiparação, para não saírem (mais) prejudicadas.
Fonte: PANROTAS
Translate »