Evite surpresas no aluguel do carro

Locar um carro para viajar na temporada de férias é uma opção para quem pretende curtir melhor o trajeto, fazer o seu próprio roteiro e não depender de horários de ônibus ou avião para chegar ao destino desejado. No entanto, o aluguel exige planejamento e pesquisa para fechar o melhor negócio e não ter preocupações durante a viagem. É fundamental conhecer os pacotes oferecidos e as taxas cobradas. Confira algumas dicas para aproveitar ao máximo esse tipo de serviço:
Com antecedência
1
O período de festas de fim de ano e as férias de verão costumam motivar uma corrida por carros nas locadoras de veículos. Por isso, o ideal é que o cliente antecipe o aluguel pela internet, tanto para garantir o modelo desejado quanto para aproveitar alguma promoção, conta a diretora de atendimento ao cliente da Localiza, Cristina Chaves. “Quanto mais antecedência no aluguel, melhor, porque o cliente tem uma maior possibilidade de ganhar alguma promoção.”
O gerente comercial de Curitiba Samir Teffeha, por exemplo, tem o hábito de fazer a reserva de carros com ao menos uma semana da viagem. “Ao fazer isso, você tem a opção de escolher o modelo e a marca do veículo dentro da categoria escolhida.” Cristina acrescenta ainda que é importante que o consumidor se atente para o tamanho do automóvel que ele irá precisar e se a bagagem caberá no porta-malas.
Pente fino
2
Antes de viajar é preciso que o motorista verifique todos os detalhes do automóvel para evitar dores de cabeça no futuro. Samir Teffeha procura olhar com atenção a lataria, o estofamento, o estepe e outros componentes para ter certeza de que tudo está de acordo. “Quando eu retiro o carro costumo fazer um check-list com todas as avarias que ele possa ter, para na hora da devolução não ser responsabilizado por aquilo que não fiz.”
A gerente de Pricing da Avis Rent a Car, Camila Azpeitia, aponta que o consumidor deve se preocupar também com o pacote oferecido no aluguel. Verificar se ele tem algum tipo de seguro incluso e qual é o valor da diária e da quilometragem escolhida é importante, conta ela. Além disso, é preciso estar por dentro dos acessórios disponíveis nos veículos. Em geral, os mais baratos não possuem ar e direção hidráulica, por exemplo.
Quilometragem e seguro
3
Entre os pontos importantes ao locar um veículo estão o tipo de quilometragem e de seguro contratados. No primeiro caso, há duas opções ao cliente: a quilometragem controlada, que vem com uma ‘cota’ de quilômetros definida e que gera custos adicionais quando excedida; e a livre, a qual não possui limite. Para Teffeha, a controlada compensa quando o motorista tem um ‘projeto pequeno’ e com roteiro definido. “Mas, se você não sabe quanto irá rodar, vale pegar a livre”, diz.
O seguro é outra questão a ser levada em conta. Em geral, as locadoras oferecem dois tipos: um apenas para o carro e outro para terceiros, em caso de acidentes que envolvam outros veículos. Entretanto, é comum que os pacotes tenham franquias com um valor máximo a ser pago em perda total ou roubo. “Também é importante indicar quem irá dirigir, porque em caso de avaria causada por algum familiar, o cliente fica descoberto”, recomenda Camila Azpeitia.
Economize
Algumas atitudes podem fazer com que o locatário economize no aluguel dos veículos. Uma delas é o cuidado com o nível de combustível. Em geral, as empresas entregam o modelo com o tanque cheio, o que exige que o cliente o devolva da mesma forma. Segundo Teffeha, escolher carros flex e abastecê-los antes da entrega fazem com que o motorista perca menos dinheiro. “Na maioria das vezes ele vem abastecido com álcool, então sai mais em conta encher com álcool também”, conta ele.
Se o automóvel for devolvido com pouca sujeira, não há necessidade de limpá-lo. Mas, se o usuário fizer um ‘rali’ com o veículo, a empresa pode cobrar pela lavagem. Retira-lo em uma cidade e entregá-lo em outra também gera taxas para o condutor, assim como devolvê-lo com mais de uma hora de atraso em relação ao horário estipulado. Já se houver algum problema mecânico, o cliente deve ficar tranquilo: na maioria das vezes, as locadoras não cobram pela manutenção.
Na ponta do lápis
Conheça os valores médios cobrados pelas locadoras
• Avis – Diárias a partir de R$ 81,43.**
• Hertz – Diárias a partir de R$ 56,48.**
• Localiza – Diárias a partir de R$ 92,61.*
• Movida Rent a Car – Diárias a partir de R$ 91.*
• Unidas – Diárias a partir de R$ 96,14.*
• Valores relativos ao período de 5 a 12 de janeiro de 2015 para carros populares com quilometragem livre e sem o seguro incluso.
www.rentcars.com.br
Fonte: Gazeta do Povo

Translate »