Empresas do PA e SP vencem pregão de R$ 112 milhões em MT

As empresas Locavel Serviços Ltda. e Uzêda Comércio e Serviços Ltda., dos Estados do Pará e São Paulo, respectivamente, venceram um pregão de R$ 112 milhões do Governo de Mato Grosso para locar veículos durante um ano às secretarias de Segurança Pública (Sesp) e Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).
A ata de registro de preços 022/2016 foi publicada no Diário Oficial do Estado que circula nesta segunda-feira (22). O documento é assinado pelo secretário de Estado de Gestão (Seges), Julio Modesto.
No total, conforme a ata, foram oito lotes. Desses, a Locavel venceu cinco.
O primeiro prevê a locação de 200 unidades do modelo Toyota Hillux, com valor unitário de R$ 6 mil mensais. O veículo deverá conter tração 4×4, ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo e freios ABS com no mínimo 3000 cilindradas.
Já o segundo lote, da qual o Locavel saiu ganhadora, prevê o aluguel de 300 Fiat Pálio, com valor unitário de 4,4 mil ao mês.
O terceiro lote prevê a locação de 400 Fiat Pálio Weekend, também com o valor unitário de 4,4 mil.
Já no quarto e quinto lote, a Locavel deverá disponibilizar o aluguel de 400 e 100 Renault Duster, com valores unitários de R$ 5 mil e R$ 6,1 mil, respectivamente.
A empresa Uzêda venceu três lotes. O primeiro e o segundo preveem a locação de 100 Ford Ranger, com valor unitário de R$ 6,4 mil, os dois.
Esse veículo deverá conter cabine dupla, com ar-condicionado, direção hidráulica, airbag duplo, freios ABS, com no mínino 2400 cilindradas.
O terceiro da qual a Uzêda saiu vencedora, prevê o aluguel de 520 Fiat Pálio Weekend, com valor unitário de R$ 5 mil.
“O preço unitário de cada item englobará todas as despesas relativas ao objeto compromisso, bem como os respectivos custos diretos e indiretos, incluindo seguro, tributos, remunerações, despesas fiscais e financeiras, benefícios e despesas indiretas (BDI), manuais, transporte, todas as taxas, impostos e quaisquer outras necessárias ao cumprimento do objeto deste registro. Nenhuma reivindicação adicional de pagamento ou reajustamento de preços será considerada”, diz trecho da ata.
A Secretaria de Estado de Gestão (Seges) explicou que a ata é apenas o registro de preços, e que, não necessariamente, a Sesp e Sejudh irão locar todos os veículos disponibilizados no documento.
A Seges também ressaltou que as duas secretarias vão firmar os contratos com as empresas ganhadoras para requerer os veículos que necessitarem.
Além disso, conforme a Seges, será a Sesp e Sejudh que vão pagar pelos carros alugados.
Sistema penitenciário
A assessoria de imprensa da Sejudh informou que 15 veículos serão utilizados para o Sistema Penitenciáriuo e cinco para o Socioeducativo.
“Os carros serão usados para os principais serviços de ambos os sistemas, como condução de recuperandos e adolescentes em conflito com a lei”, disse a secretaria.
Por Thaixa Assunção, do Mídia News.

Translate »