Dólar alavanca aluguel de carros para turismo de lazer

alugar-750x360

As locadoras de automóveis projetam um aumento no volume de negócios em decorrência da alta do dólar. A cotação da moeda deverá impulsionar as viagens domésticas e, consequentemente, o aluguel de veículos.
Hoje, o turismo de lazer é responsável por 18% das locações totais do país. O segmento corporativo de longo prazo responde por 57% e o turismo de negócio, por 25%.
“O aluguel de frotas por períodos de dois anos é feito principalmente por multinacionais. Para elas, que calculam os custos em dólares ou euros, ficou até mais barato”, afirma o presidente da Fenaloc (federação do setor), Paulo Gaba Júnior.
“O turismo de negócio vai recuar, porque as convenções diminuíram, mas o de lazer, que tem tarifas de 30% a 50% mais caras, irá compensar.”
Na Hertz, onde o mercado de lazer corresponde a 60% do faturamento, a expectativa é que o número de locações cresça entre 15% e 20% nos próximos três meses.
Esse segmento passará a representar entre 65% e 70% do total de negócios.
“O dólar elevado não atrairá só o turista brasileiro, mas também o estrangeiro”, afirma o presidente da empresa, Luciano Bianchi.
Luciano Bianchi, presidente da locadora de veículos
 
Fonte: Adriano Vizoni/Folhapress
 

Translate »