Carro para um bom negócio

O estigma de que são mais rodados, desgastados e passaram pelas mãos de muitas pessoas é argumento comum ao se falar em carros seminovos de locadora. As lojas explicam o interesse que a o mercado tem em manter o carro sempre impecável e com atividade máxima de cerca de 30 mil quilômetros. Afinal, é o carro a principal matéria-prima do serviço. Vale a pena comprar um carro seminovo de locadora?
O diretor da Localiza Seminovos, Marco Antônio Guimarães, analisa que o consumidor considera cada vez mais importante saber a procedência do veículo. Comprando de uma locadora, existe uma maior segurança nessa origem. No caso da Localiza Seminovos, diz que cerca de 70% da frota é desativada com 12 meses de uso, com exceção dos contratos de 36 meses com frotistas.
“Temos um sistema nosso no qual o carro com 12 meses ou 30 mil quilômetros emite um aviso para proceder a retirada do veículo da frota. Se o carro sofre uma batida e o valor do acidente dá 20% do valor do carro, não consertamos para ser vendido. Vendemos ele batido mesmo”, ressalta Marco Antônio, como argumento de transparência.
O diretor ressalta ainda que não há diferença no preço em relação a outras lojas. “Procuramos dar toda a manutenção, assistência e garantia de procedência”. Ele informa que a Localiza oferece três meses de garantia – obrigatória por lei -, e vende seguro de um ano, que custa cerca de R$ 500. Em Fortaleza, são quatro lojas de venda de seminovos. No Brasil, são 74.
“O consumidor se convence que vale a pena. Ele ver a qualidade de carro para atestar. Só para ter uma ideia, após ter comprado, se o carro der problema, damos outro reserva grátis, com seguro, sem custo algum para o cliente rodar”, destaca Marco Antônio, mesmo admitindo que há consumidores com restrições ao produto.
Alta de 11,8%
A Avis Rent a Car é outra grande no ramo de locação. Em Fortaleza, ainda não tem loja para venda de seminovo. Poderá ter, em breve. A supervisora da Avis em Fortaleza, Ana Paula Cavalcante, reitera o interesse das lojas em manter a boa qualidade dos carros. Dá segurança ao consumidor, diz.
O presidente da Federação Nacional das Associações de Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), Ilídio dos Santos, ressalta que a venda de carros seminovos vem se mostrando pujante. Passou de uma alta de 2,3% em 2012, para 4,7% em 2013. Em 2014, já assume o crescimento de 11,8%. Os dados foram apontados no Anuário Abla 2014. A média de idade da frota dos seminovos das locadoras é de 17,5 meses, ou seja, menos de dois anos.
Por Andreh Jonathas, do O Povo.

Translate »