Bahia sai na frente no combate à apropriação indébita

BAHIA

A ABLA, em parceria com o Sindicato das Empresas Locadoras de Automóveis da Bahia (Sindloc/BA) e a Polícia Civil do estado deram o primeiro e importante passo para reduzir a apropriação indébita de veículos, assim como o roubo e o furto.
Em reunião no Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), com a delegada Emília Blanco, os dirigentes do setor de locação na Bahia entregaram documento com sugestões aos sistemas hoje existentes para controle de roubos e furtos de automóveis, que são administrados pelos Detrans de cada estado, como o apoio do Denatran.
Alberto Faria, conselheiro nacional da ABLA que representou a Associação no encontro, diz que as sugestões foram muito bem recebidas pela Polícia Civil da Bahia. “Creio que serão extremamente úteis para as autoridades responsáveis avaliarem a publicação de uma nova portaria a respeito”, diz.
Durante o encontro, Emília Blanco destacou que a Polícia Civil tem se empenhado para recuperar veículos furtados ou roubados, em Salvador, no interior da Bahia e em outros estados. Conforme Alberto Faria, exatamente em função disso, a Bahia tem agora a possibilidade real de sair na frente também em relação ao combate mais incisivo da apropriação indébita.
Segundo o conselheiro nacional da ABLA, a publicação de uma nova portaria nesse sentido servirá de exemplo a ser seguido mais tarde por todos os estados. “Cremos que de tão efetiva, ela poderá gerar um ‘efeito dominó’, com a iniciativa se propagando para todo o Brasil”.
Além de Alberto Faria e Emília Blanco, participaram dessa importante reunião o delegado Augusto Eustáquio, do DCCP; o diretor regional da ABLA na Bahia, Marconi Dutra; a presidente do Sindloc/BA, Rogéria Vianna Alencar; e o assessor jurídico Luís Ventura.
 
Fonte: ABLA

Translate »