Avis Budget reorganiza operações no Brasil

diretor

A Avis Budget Group, locadora de veículos com sede nos Estados Unidos que fatura US$ 8 bilhões por ano, planeja concluir até junho do ano que vem o resgate de suas marcas Avis e Budget no mercado brasileiro, em processo que começou em abril, quando tirou de um master franqueado local a operação no país, que chegou a ficar à beira de fechar. O plano em andamento soma investimentos de R$ 120 milhões e crescimento perto de 10% este ano, e uma expansão mais acelerada em 20 1 6, com renovação total da frota e da rede de lojas.
“Vamos fechar o ciclo de um processo em um mercado que é importantíssimo para o grupo porque é o maior da América Latina”, disse o novo diretor-geral da Avis Budget Group no Brasil, Alexandre Valadão.
Segundo ele, até o fimde maio do ano que vem, toda a frota de 8 mil veículos das marcas Avis e Budget no Brasil será trocada, com investimento da ordem de R$ 120 milhões.
A rede de 54 lojas está sendo reformada e aparelhada comnovos sistemas de vendas e processos. O plano inclui elevar os pontos de venda em 1 7 novas unidades no próximo semestre.
Será a primeira de expansão das marcas Avis e Budget desde 2011, quando as marcas somavam 123 lojas no país e o plano era abrir mais 60 pontos de venda. Naquele ano, a operação era controlada pelo franqueado brasileiro Dallas.
Mas em vez de cumprir a meta de expansão, a master franqueada brasileira da Avis Budget acabou tendo que pedir recuperação judicial para dívidas acumuladas de R$ 380 milhões — maiores que o faturamento, que era de R$ 300 milhões.
Passaram-se quatro anos de encolhimento no Brasil, até que emabril deste ano, o Avis Budget Group, dono das marcas, decidiu assumir a operação no país, pagando US$ 40 milhões pelos 50% que faltavam para assumir o negócio. “O ano de 2016 vai ser o primeiro que podemos dizer da nova etapa”, disse Valadão, que admite ter ainda uma fatia pequena no Brasil. “Vamos concentrar nessa etapa de renovação e crescimento orgânico antes de pensar e m cre sci mento por aquisição”, afirmou.
A Avis Budget responde por apenas 2% da frota de veículos voltados para locação de lazer no Brasil e menos que isso no segmento de terceirização de frotas para empresas.
A líder no mercado brasileiro, Localiza, tem 125 mil carros, que representam26% do segmento de lazer e 8% do corporativo. Emaluguel de automóveis, a vice-líder é a Unidas, com 7% de participação, seguida pela Movida, do grupoJSL, com6%. Emterceirização de frotas, a Localiza é seguida de perto por Locamérica e JSL (ambas com 7% de participação de mercado).
Entre as metas da Avis Budget Group para o Brasil está elevar de 25% para 40% a fatia do fatura mento gerado com serviços para clientes corporativos. Para isso, o diretor do grupo no país vai usar os canais internacionais das marcas, que juntas somam 500 mil veículos em 1 75 países e têm45% da receita proveniente de clientes empresariais.
“Não vamos entrar em guerra de preços”, disse Valadão sobre o desafio de tirar clientes da concorrência por meio de tarifas mais baixas. O executivo diz que a recessão econômica temtornado mais difícil a negociação de contratos com as empresas, mas que a demanda no segmento de lazer segue aquecida. “Até porque o dólar a R$ 4 tem estimulado o turismo doméstico”, afirmou Valadão, citando lojas que estão com volume de diária de 5% a 20% superior ao de 2014.
A Avis Budget descarta ter uma rede própria para revender seminovos. “Nossa frota é pequena e os canais que temos comparceiros lojistas e on-line atendem nossas necessidades”, disse o diretor geral da empresa locadora de veículos no Brasil.
Fonte: Valor Econômico – Impresso – Flip

Translate »