Arval e Relsa anunciam joint venture na América do Sul

a1af872aa21c8dc8b7d8bce294a741bb_L
Arval e Relsa anunciam joint venture na América do Sul(Foto: Divulgação)

A Arval, subsidiária do BNP Paribas e especialista em locação de longa duração de veículos corporativos, anunciou hoje que assinou acordo com as Empresas Relsa, companhia especializada em terceirização de frotas com operações no Chile, no Peru e no Brasil.
A assinatura deste acordo define a criação da joint-venture Arval Relsa no Chile e no Peru ao mesmo tempo em que a Arval Brasil assume as atividades da Relsa neste país.
A Arval iniciou suas atividades no Brasil em 2005 e desde então, a quantidade de clientes e de veículos gerenciados aumentou até alcançar a atual frota de 17.500 veículos leves. Após 10 anos no País, a empresa estende suas atividades na América do Sul ao confirmar o acordo com as Empresas Relsa, líder no mercado de terceirização de frotas no Chile e no Peru e com operações no Brasil, totalizando uma frota de mais de 12 mil veículos.
As duas empresas irão unir forças ao formarem a joint-venture: a Relsa com o conhecimento e experiência dos mercados locais onde opera e a Arval com o seu know-how avançado em gestão de frotas, além de sua abrangência global e boas referências internacionais. A frota total gerenciada pelos três países será de aproximadamente 30 mil veículos uma vez finalizada a transação.
O CEO da Arval, Philippe Bismut, declarou: “Ao associar Arval e Relsa na América do Sul, nos tornamos a empresa líder em terceirização de frotas corporativas na região. Sempre acreditamos neste mercado como sendo muito promissor para nossa indústria. Estou muito satisfeito de podermos unir nossas forças com a Relsa para melhor posicionarmos nosso grupo diante das oportunidades da região. Por fim, graças a esse acordo, a aliança global Element-Arval – a maior aliança estratégica na indústria de terceirização de frotas – fortalece sua presença nos 5 continentes e demonstra seu compromisso contínuo em atender seus clientes em nível internacional.
Gonzalo Yarur, vice-presidente da Relsa, disse: “Estamos muito contentes com a união que confirma nosso trabalho nos últimos 38 anos. Seremos parceiros de uma das empresas líderes no mercado, ganhando ainda a oportunidade de crescer no Chile e região”.
A finalização da transação é esperada para o primeiro trimestre de 2016.
(Redação – Agência IN)
Fonte: Investimentos e Notícias

Translate »