Um professor da Uiversidade de Michigan, Brandon Schoettle, acaba de publicar um estudo mostrando como está diminuindo a proporção de americanos com carteira de habilitação. Entre os jovens de 19 anos é simplesmente impressionante: 69% deles possuem a carteira, enquanto em 1983 eram quase 90% Os números são menos significativos com gente de outras faixas etárias, mas também é marcante com os jovens na faixa dos 20 anos.A tendência é mais forte claro entre os jovens que moram nas grandes cidades, onde o aluguel ou a casa própria pesa muito no orçamento. Assim, por que não dar uma cortada nas despesas, como seguro de carro, gasolina, estacionamento e manutenção? Ademais ficou muito mais fácil o sistema de aluguel de carro nestes tempos de economia compartilhada. E mesmo em uma cidade menor carente de transportes coletivos ou de táxi na rua, a exasperação diminuiu nesta era do Uber.

Mas como eu disse no começo do boletim o que realmente chama à atenção agora neste estudo é a propensão de gente mais velha para se desfazer do carro. O primeiro passo, para ficar no trocadilho, é simplesmente não renovar a carteira de habilitação e em seguida, vender o carro.

Existe mais valorizacao do transporte coletivo entre os americanos. No entanto, o grande teste para o abandono do carro por tanta gente estará no preço da gasolina. Está muito baixo. É preciso ver se irá reverter a tendência.