ABLA no Salão do Automóvel reflete dimensão do setor

salao

Levar às locadoras de automóveis associadas a chance de conhecer modelos que habitam sonhos de alta velocidade, entrar em contato com os carros mais modernos já projetados e, pela primeira vez, oferecer test-drives de até 20 modelos de marcas que participarão do 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, em 2014.
Essas são algumas das ideias por trás do slogan do evento – Entre sonho e realidade, fique com os dois – que acontecerá no Anhembi entre 30 de outubro e 9 de novembro. Em sua próxima edição, a feira terá 85.000 m² de exposição, e deve receber 750 mil visitantes, que se impressionarão com lançamentos, protótipos e carros de luxo de 50 marcas, além de atividades interativas e surpresas organizadas por expositores e pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, organizadora do evento.
O 28º Salão Internacional do Automóvel será o ponto de encontro para tendências e tecnologias que em breve chegarão às ruas. Segundo a ABLA – Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis – o setor foi responsável por absorver mais de 8% dos veículos produzidos no Brasil no último ano. A frota do setor atingiu quase 530 mil unidades. “São números que reforçam a importância do Espaço ABLA dentro do Salão”, diz Paulo Nemer, presidente do Conselho Nacional da ABLA.
Conforme a Anfavea – Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores – a produção de automóveis no Brasil, em 2013, superou pela primeira vez o número de 3,5 milhões de unidades, o que representa um crescimento de 11,8% em relação ao ano passado.
Os diversos anúncios de investimentos de montadoras fizeram com que as projeções no país aumentassem ainda mais, de R$ 60 bilhões para R$ 74,1 bilhões no Brasil até 2017, quando acaba o regime Inovar-Auto, que prioriza a produção nacional de veículos por meio de isenção fiscal. Para se ter uma ideia, somente as empresas alemãs devem investir no Brasil R$ 1,5 bilhões em novas fábricas e ampliações. Com esse novo montante, o Brasil deve chegar a uma produção de 5,8 milhões de unidades/ano.
“As perspectivas positivas motivarão as montadoras a trazerem ainda mais novidades para o Salão. Estamos há dez meses do evento, mas nossa equipe já está trabalhando há um ano para fazer desta a melhor edição do Salão Internacional do Automóvel, realizado em parceria com as principais entidades setoriais, entre elas Anfavea, Abeiva e Sindipeças”, afirma Rodrigo Rumi, diretor do portfólio automotivo da Reed Exhibitions Alcantara Machado.
fonte: Reed Exhibitions Alcantara Machado

Translate »