ABLA projeta aumento de demanda pelos roteiros nacionais neste ano

abla

Conforme avaliação concluída pela Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), a demanda por veículos de locação para o turismo de lazer deverá ter incremento de 15% a 20% neste ano. A entidade aponta o dólar na casa dos R$ 2,70 e os recentes atentados terroristas na Europa como os dois principais fatores de estímulo às viagens internas no Brasil.
Números do mais recente Censo do Setor de Locação de Veículos no País mostram que, da frota total de 530 mil automóveis disponíveis para locação, aproximadamente 110 mil são destinados ao turismo de lazer (pessoas físicas viajando em férias e/ou feriados prolongados dentro do Brasil).
O presidente do Conselho Nacional da ABLA, Paulo Nemer, explica a projeção de aumento de demanda por automóveis para o turismo de lazer com base na constatação de que o Brasil é um país livre do terrorismo e também das catástrofes naturais. “O turista que vai sair de férias já pensa sob esses aspectos. Ou seja, qual o motivo de gastar em dólar lá fora, se nós temos aqui destinos baratos e com qualidade similar à de lugares que ficaram perigosos pelas ameaças de atentados?”, avaliou.
Nas cidades com potencial turístico, como Florianópolis, Rio de Janeiro, Salvador, Recife, Natal e Fortaleza, entre dezembro e o Carnaval, as locadoras de automóveis poderão atingir um desempenho até 40% superior na chamada locação diária (voltada para turistas) em relação à demanda verificada em 2014, conforme a ABLA.
As cidades litorâneas, nas quais o crescimento da demanda deve ser mais perceptível, provavelmente receberão veículos remanejados de outras praças, além de automóveis novos, adquiridos a partir da temporada de verão.
Conforme o mais recente balanço do setor, em 2013 o faturamento das locadoras de veículos atingiu R$ 6,52 bilhões, um crescimento de 4,73% sobre o ano anterior.
Fonte: Jornal Brasilturis

Translate »