A3 Sedan quer fatia do segmento luxo nas locadoras

a3

De Diário do Comércio

Conforme o Anuário ABLA 2014, a frota do setor de locação de veículos fechou 2013 com 58% de participação de veículos econômicos, 18% de compactos, 6% de veículos de luxo, 13% de utilitários e vans. A categoria Premium, que engloba os SUVs, ficou com 5%.
O setor de locação brasileiro sempre teve um leque enorme de sedans disponíveis. E agora é a vez de a Audi entrar na briga por uma fatia maior de um segmento muito disputado. O A3 Sedan, que hoje chega importado e em 2015 será fabricado em São José dos Pinhais (PR), quer ser uma opção para as locadoras, na faixa do Toyota Corolla, Honda Civic, Ford Fusion e Nissan Altima.
A versão 1.4 turbo de 122 cv disponível nas versões com borboletas no volante ou sem o famoso paddle shifts, ambos com o câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem. O jornal “DC Auto” avaliou o modelo.
A primeira sugestão: pense na versão sem as borboletas e, com a economia de quase R$ 5 mil, o teto panorâmico será uma excelente opção. Outro opcional interessante é o rádio MMI Plus com navegador, mas os R$ 9,9 mil pedidos por ele é bem salgado. O carro tem um comportamento dinâmico sensacional e o motor 1.4 não desaponta. A troca de marchas é silenciosa e sem solavancos, mas pecados na Audi também acontecem, já que esta versão do A3 tem bancos em tecido, a visibilidade dos indicadores de temperatura e velocidade é de leitura difícil e sensores de estacionamento não estão disponíveis nem como opcionais.
Em Minas, a Audi Carbel é a maior concessionária da marca. No primeiro semestre de 2014 foram 325 automóveis entregues, mais do dobro que foi vendido no mesmo período de 2013. “Este crescimento também aconteceu em todo Brasil e nossa expectativa para o segundo semestre é de manter o crescimento de 2014″, ressalta o superintendente geral da Audi Carbel, Miguel Albino. Quatro modelos Audi se destacam em volume de vendas: o novo Audi A1 Kult, A4 e Q3.
Fonte: ABLA

Translate »