Jaqueline Denadai: Controle dos processos e competitividade

abla

Com a ampla evolução nos conceitos empresariais e diante de um cenário de instabilidades, transformações e grande concorrência, as empresas estão cada vez mais procurando e adotando mecanismos de estabelecimento de estratégias que as posicionem de forma competitiva no mercado. Trata-se de fator fundamental para atender as necessidades e expectativas dos seus clientes e demais interessados.
Com o constante surgimento de teorias adaptadas às ultimas transformações no mundo empresarial, levando às empresas inúmeras modalidades de gerenciamento, cabe ao empresário avaliar em que nível estas novas propostas contribuem, podem e devem ser aplicadas em sua empresa.
Isso porque o desenvolvimento e a evolução de uma empresa ou organização estão diretamente relacionados à capacidade organizacional de aprendizado. O foco está na melhoria contínua e superação dos desafios impostos pelos clientes com relação à qualidade dos produtos e serviços prestados, e também pelas exigências legais e ambientais.
É nesse amplo contexto que muitas companhias adotam a gestão baseada em processos, com o objetivo de também reduzir riscos e ter maior domínio dos recursos empregados para evitar o desperdício e o retrabalho. Busca-se ainda a evolução de desempenho, a previsibilidade dos resultados e a implantação sistemática de inovações e melhorias.
A Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA), como entidade em progresso contínuo e em defesa dos interesses dos associados e do segmento, iniciou a implantação dessa ferramenta de gestão baseada em processos. Em paralelo com outras ações estratégicas, a iniciativa também implica em desenvolver ainda mais o profissionalismo e alcançar mais e novos resultados para as locadoras do quadro associativo, sem deixar de lado as demais partes interessadas, incluindo seus colaboradores.
Essa estratégia busca a interação entre as atividades, incluindo mais dinamismo e flexibilidade às suas rotinas. Com isso a organização poderá, com mais facilidade, adaptar-se a qualquer oportunidade ou ameaça externa, resultando em uma ferramenta de apoio para tomada de decisões mais assertivas.
Porém, como qualquer outra mudança dentro das organizações, a implantação da gestão por processos requer uma nova postura cultural: precisa ser implantada de forma gradual e, para isso, é necessário seguir algumas etapas para que seja eficaz e traga realmente resultados positivos.
Por isso a ABLA iniciou esse trabalho pelo mapeamento geral dos processos, aos quais serão definidos padrões de maneira clara, a demonstrar todo potencial de integração entre as atividades da associação. Posteriormente, serão definidos indicadores de desempenho para avaliação e controle de todo o sistema, de forma a ter monitoramento para a melhoria, crescimento e evolução contínua da associação.
Na busca por processos mais profissionalizados, para que o foco esteja sempre em alcançar benefícios aos associados e ao setor de locação de automóveis, o Sr. Célio Fonseca, Conselheiro Gestor responsável pela área de processos, dentro da Governança Corporativa da ABLA, juntamente com o meu apoio e o de toda equipe interna, “arregaçou as mangas” e está trabalhando para transformar mais esse projeto em realidade.
Trata-se de um desafio de fôlego, sem dúvida, que a ABLA decidiu enfrentar pelo bem dos associados e, consequentemente, de todo o nosso setor. Já estamos trilhando o caminho correto para superá-lo.
* Jaqueline Denadai é integrante da ABLA JOVEM

Translate »