Taxistas fazem protesto contra Uber

Motoristas de táxis fizeram um protesto ontem contra o aplicativo de caronas Uber em frente ao prédio da Câmara Municipal de São Paulo. Centenas de motoristas acompanhavam a votação do Projeto de Lei 349/2014, que proíbe o uso de carros particulares cadastrados em aplicativos para transporte remunerado de pessoas. O texto precisa ser aprovado em duas votações e ser sancionado pelo prefeito Fernando Haddad (PT) para entrar em vigor.
Taxistas de São Paulo estão mobilizados contra o aplicativo. Em maio, a Justiça de São Paulo derrubou a liminar que determinava a suspensão das atividades do Uber no Brasil sob pena de multa diária de R$ 100 mil. O serviço voltou a ser regular.
Em resposta ao projeto de lei que está em votação, o Uber divulgou ontem um comunicado pedindo aos usuários paulistanos que enviassem e-mails aos líderes de bancadas na Câmara Municipal para impedir a aprovação do texto. Desde o início do ano, 21 veículos que faziam parte do Uber foram apreendidos pela Prefeitura.
Do O Tempo.

Translate »