Site americano diz que estádios do Brasil darão prejuízo após a Copa

Um artigo publicado no blog FiveThirtyEight, hospedado no portal da ESPN dos Estados Unidos, traz dados sobre o uso dos estádios construídos nas últimas cinco Copas do Mundo e prevê uma baixa utilização e consequente prejuízos para algumas arenas erguidas no Brasil para o Mundial de 2014.
O estudo analisou a utilização dos estádios quatro anos depois da Copa e detectou um índice de uso e o custo por torcedor. Segundo o texto, o melhor exemplo de boa utilização dos estádios pós-Copa é dos Estados Unidos, que gastaram pouco, usam muito e hoje cada estádio tem o custo de um dólar por torcedor. França e Alemanha apresentaram também uma boa utilização de suas arenas, com os custos por torcer de US$ 95 e U$ 149, respectivamente
Já para Japão, Coreia do Sul e África do Sul, a utilização dos estádios foi insuficiente e, consequentemente, os estádios passaram a dar prejuízo.
Segundo o estudo, a projeção para o Brasil é que, além dos gastos para a construção terem sido os mais caros das últimas Copas, com US$ 3,6 bilhões, o custo por torcedor daqui quatro anos será de mais de US$ 1 mil, ou seja, um índice dez vezes maior do que a França e a Alemanha.
“Do ponto de vista do desenvolvimento, a única coisa pior do que um caro do estádio, com financiamento público é um cara estádio vazio, com financiamento público”, diz o artigo.
Do G1.

Translate »