SINDLOC-MG promove palestra sobre habilitação de estrangeiros

Mais de 50 pessoas estiveram presentes na palestra “Habilitação de Estrangeiros”, promovida pelo SINDLOC-MG, com apoio da Dukar Despachantes e da Segplus. O evento, que aconteceu no Auditório da Automax Fiat, no bairro Estoril, em Belo Horizonte, revelou as principais dúvidas dos empresários e dos profissionais sobre o assunto. “Estamos a um mês da Copa do Mundo. Este encontro de hoje vai nos ajudar no atendimento ao turista estrangeiro durante o evento”, afirmou Leonardo Soares, Presidente do SINDLOC-MG.
De fato, eram tantas dúvidas, que a palestra virou um bate-papo. “O melhor é que boa parte dos presentes são aqueles que irão lhe dar diretamente com a questão da habilitação do estrangeiro. Por isso, a gente fez uma apresentação em forma de conversa”, explicou Luiz Claudio Figueiredo, advogado especialista em trânsito e coordenador de administração de trânsito do Detran-MG.
Questões como “a locadora poderá informar o real infrator, caso exista multa?”, “a responsabilidade pelo pagamento da multa ficará a cargo de quem?” ou “a locadora é obrigada a cadastrar todos os contratos?”. Segundo Christian de Santana Sader, advogado que esteve com Luiz Claudio durante o evento, boa parte dos questionamentos giraram em torno da questão das multas. “É importante saber que ao entrar no Brasil, o estrangeiro poderá utilizar a sua habilitação de origem juntamente com o passaporte durante 180 dias sem nenhum problema”, explica.
Mas e depois? Caso o cliente estrangeiro deixe para trás meia-dúzia de infrações? De acordo com Luiz Claudio, o procedimento será o mesmo. A locadora poderá transferir os pontos para o cliente e cobrá-lo via cartão de crédito pela autuação. “Porém, é necessário que o cadastro seja bem feito e organizado. Por exemplo, a locadora precisará de coletar os dados do endereço de origem do cliente e não do hotel em que eles esteja hospedado. Com um contrato bem embasado, as locadoras terão menos problemas”, afirma Luiz Claudio.
Nas próximas semanas, o escritório dos advogados Luiz Claudio e Christian Sader ficará disponível aos associados para esclarecimentos de dúvidas sobre o assunto. Quem quiser, basta ligar nos telefones: (31) 3785-0820 ou 3879-3033. A palestra ou a conversa teve duração de mais de duas horas. Depois, os presentes se descontraíram com um coquetel. Para ver mais fotos da noite, acesse facebook.com/sindlocminasgerais.

Translate »