Setor de turismo deve criar 35,5 mil vagas temporárias, diz CNC

O setor de turismo deve criar 35,5 mil postos de trabalho temporários em todo o País no verão de 2015, calcula a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O montante representa um aumento de 1,1% em relação a igual período do ano passado.
A desvalorização do real em relação ao dólar diminuiu a procura por viagens internacionais, o que favoreceu o turismo interno, avaliou a CNC. A média salarial de admissão no setor deve chegar a R$ 1.150 no final do ciclo de contratações, um avanço de 3,6% ante o mesmo período de 2014.
De acordo com a entidade, o segmento que mais contratará trabalhadores é o da alimentação fora de casa. O setor, que inclui bares e restaurantes, deve ser responsável por mais da metade das vagas geradas (53,4%), o equivalente a 18,9 mil postos. O ramo de hospedagem (pousadas, hotéis e similares) deve abrir outros 30,7% do total de empregos previstos no turismo no verão deste ano, o equivalente a 10,9 mil vagas.
A temporada de verão é responsável pela geração de 72% da oferta anual de vagas temporárias no turismo brasileiro.
Por Daniel Amorim, do Estadão.

Translate »