Setor de serviços de Campinas se rende ao inglês para 'fisgar' turista

Churrascarias e rede hoteleira capacitam funcionários da linha de frente.
Garçons e pessoal de atendimento estão tendo aulas de língua estrangeira.

O professor de inglês Bruno Baptista ministra aula para garçons em churrascaria (Foto: Felipe Albertoni/G1)O professor de inglês Bruno Baptista ministra aula para garçons em churrascaria (Foto: Felipe Albertoni/G1)

Trinta e oito mil turistas estrangeiros visitam Campinas (SP) todo mês, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo. E para atender este público diferenciado, restaurantes e a rede hoteleira têm atuado na capacitação dos profissionais da linha de frente com aulas de inglês, uma das línguas mais usadas no turismo de negócios e de lazer.
Bruno Baptista é professor de inglês e dá aulas para garçons e atendentes de uma churrascaria. Segundo ele, as aulas são focadas  para o atendimento, já que estrangeiros não estão habituados com rodízios de carne, por exemplo. “Uma das coisas mais importantes é a apresentação e dar boas vindas”, explica o professor.
Durante as duas aulas de uma hora e meia por semana, os funcionários são estimulados a explicar até quais são cortes de carne, pois mudam de um país para outro. “Eles explicam os principais cortes, a alcatra, picanha e  outros. Até aquele sinal verde e vermelho nas mesas (verde significa rodízio liberado e vermelho o cliente está satisfeito na mesa)”, relata Baptista.
O sócio- gerente da Churrascaria Montana Grill, Guilherme Mazzer, explica que 10% dos clientes são estrangeiros. Uma das explicações essenciais é o ponto da carne, pois em alguns países o mal passado, por exemplo, pode ser um pouco diferente do Brasil.
“Mas ter funcionários falando inglês é um diferencial da casa”, lembra Mazzer. Este tipo de estabelecimento está de olho nos estrangeiros que desembarcam todos os meses na cidade pelo Aeroporto Internacional de Viracopos. Em 2015, foram 646.125 passageiros de voos internacionais embarcando ou desembarcando na cidade, média de 53,8 mil ao mês.

Valdelírio Dias, funcionário de uma churrascaria em Campinas (Foto: Felipe Albertoni/G1)
Valdelírio Dias, funcionário de uma churrascaria
em Campinas (Foto: Felipe Albertoni/G1)

Valdelíro Dias, de 35 anos, há 18 anos trabalha como garçom.E desde o final do ano passado têm aulas de língua estrangeira na Montana.
“Mudou muito com as aulas de inglês. Fica mais fácil para atender um cliente falando inglês. Agora o atendimento é feito com mais tranquilidade, é mais fácil de trabalhar e mudou minha visão do atendimento. A maneira de trabalhar é mais tranquila, se um cliente pede uma carne mal passada, é mais fácil de entender e atender o cliente. Antes eu tinha um pouco de vergonha de falar inglês e hoje não tem mais, acabou. Hoje eu estou craque”, comemora o garçom da churrascaria, localizada em um dos mais tradicionais shoppings de Campinas.
Uma das principais redes de hotéis na Região Metropolitana de Campinas (RMC), o grupo Royal Palm Hotels & Resorts recebe até 60% de hóspedes internacionais em uma das unidades.
“Como buscamos sempre a excelência em serviço como cultura e estratégia da empresa, fazemos investimentos constantes em cursos de línguas para nossos colaboradores. A equipe de garçons, por exemplo, passa por um treinamento de seis meses”, ressalta a porta voz do grupo, Angela Landamann.
Ainda segundo Angela, as aulas são focadas no dia a dia de atendimento ao cliente e termos específicos utilizados dentro de um hotel e de um restaurante.
Setor cresceu 34.54%
Dados da Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) apontam que entre os anos de 2009 e 2014 o turismo de negócios cresceu 34,54% no quesito estabelecimentos voltados para o setor.
O número de estabelecimentos saltou de 3.743 para 5.036. O vínculo empregatício também obteve crescimento no mesmo período, de 33,55%. Isso representou 4,5 % da quantidade de empregos gerados na Região Metropolitana de Campinas (RMC) no ano de 2014.

Viracopos registrou recorde de passageiros durante 2015 (Foto: Aeroportos Brasil Viracopos)
Viracopos registrou recorde de passageiros durante 2015 (Foto: Aeroportos Brasil Viracopos)
Translate »