Saiba como traçar um plano de negócios a longo prazo para a sua franquia

plano-negocios-franquia
Em um mercado tão competitivo quanto o atual, é praticamente impossível dissociar crescimento e estratégia. Por isso, para garantir o futuro de sua franquia, é imprescindível ter um bom plano de negócios voltado para a expansão.

 
A base para as diretrizes do seu plano deverá ser o próprio modelo de negócios da rede de franquias, afinal, só é possível pensar em expansão se as franquias estão se provando lucrativas e financeiramente saudáveis. A partir disso, o seu plano de negócios deve ter como princípio a cultura da companhia, ou seja, os valores e a missão que estão presentes por trás de cada atitude, tanto institucional, quanto da equipe. São esses valores que nortearão os passos da companhia, uma vez que dizem respeito intrinsicamente aos objetivos estabelecidos desde o início do empreendimento.
 
É importante que as equipes, especialmente os franqueados, concordem com esses valores, afinal, ter lideranças fortes e motivadas é essencial para que todos os funcionários estejam de acordo com o projeto e sigam na direção determinada pelo plano de negócios. Esses líderes devem estar altamente comprometidos com as estratégias de crescimento e compreendê-las profundamente para que, em caso de mudanças, eles possam fazer a condução adequada.
 
Embora as questões internas da companhia mereçam total atenção, as necessidades dos clientes são também prioridade. Para crescer, as franquias devem saber quais são os desejos e aspirações da clientela, para que possam se antecipar e corresponder às expectativas do público. Nesse sentido, manter o foco em inovação e criação é vital para o desenvolvimento de novos produtos e serviços que atendam à demanda. Para obter sucesso, essas mercadorias também devem obedecer a padrões de qualidade, que representem a marca e colaborem para a fidelização do consumidor.
 
Por outro lado o plano não estaria completo se não levasse em consideração as alterações do mercado e os movimentos da concorrência. Qualquer tática de crescimento deve ser construída com bases comparativas em relação às demais empresas, para que possa encontrar nichos de mercado úteis ou cobrir as áreas que foram deixadas de lado pelas outras. Nesse sentido, o marketing também deve estar alinhado com os planos, seja no que diz respeito à atração dos clientes, com estratégias como a social media, ou ao branding.
 
O objetivo final é que todos esses fatores, unidos, resultem em uma estratégia consistente, para que a companhia possa sobreviver à mudanças no mercado sem prejuízo nos padrões de qualidade, mantendo-se sólida e com potencial para mais crescimento.
 
Fonte: Portal do Empreendedor Santander
 

Translate »