Oito profissões que vão bombar nos próximos 10 anos

450135233

Onde estão os empregos do futuro? Quais as tendências e áreas novas do conhecimento demandas pelas empresas? Esquadrinhar esse terreno é tarefa para profissionais de recrutamento e seleção, os chamados headhunters.
O sócio da empresa especializada em caça talentos Caldwell Partners, especializada em caça a talentos, Arthur Vasconcellos é  um desses profissionais. Ex-CEO da Câmara Americana (Amcham), engenheiro com mais de uma década de trabalho na Alcan, Vasconcellos é daqueles executivos que sabe farejar oportunidades e bons profissionais.
A convite do portal DINHEIRO, ele listou as áreas que devem ter maior procura de profissionais nos próximos dez anos.
1 – Meio Ambiente e Sustentabilidade
Setor em alta e com grande carência de profissionais no Brasil.  Engenheiro ambientais, administradores de empresa que tenham conhecimento nessa área, capazes de agregar valor às marcas e empresas.  O recente caso da mineradora Samarco, em Mariana, trouxe à tona outra vertente, a do profissional que antecipa acidentes, elimina-os, assim como os que são responsáveis pela recuperação ambiental e da população atingida após um desastre.
2 – Qualidade de Vida
Lazer, turismo e esportes são áreas em ascensão no Brasil e no mundo. No setor esportivo, não somente a atividade em si, mas também o olhar de negócios. O País é ainda muito incipiente em produtores e agenciadores de atletas de alto nível, que podem ter importância estratégica para gerar valor às empresas que os patrocinam.
3 – Relações Internacionais e Governamentais
Em mundo cada vez mais globalizado, executivos que têm uma boa rede de relacionamento e de conhecimento nessas áreas estão cada vez mais procurados. São  profissionais capazes de gerar negócios, resolver conflitos, acelerar trâmites junto às autoridades e órgãos reguladores e gerar valor e menores custos às empresas.
4 – Ciência da Vida (Life Science)
Com envelhecimento da população brasileira, a área de fármacos, bioquímica está cada vez mais procurada. Como aconselhar um aposentado a viver melhor e administrar bem o seu dinheiro é uma das preocupações de algumas empresas.
5 – Redes de Relacionamento/Convergência de Mídias
Pessoas capazes de gerenciar de forma competente redes corporativas como LinkedIn, Facebook, Google, entre outras, estão também na mira dos recrutadores. Não só para posicionarem melhor suas marcas nesse novo cenário, mas também evitar danos quando funcionários estão desatentos ao que podem provocar às empresas em suas manifestações pessoais.
6 – Ética
O mundo corporativo parece estar mais preocupado com a ética dentro e fora das empresas. Tanto do ponto de vista de Recursos Humanos, como o posicionamento estratégico de marcas e produtos. Nesse sentido, profissionais com formação em Filosofia ou com especialização na área têm sido procurados.
7 – Energia
Energias renováveis como a solar, eólica, de biomassa da cana de açúcar, elétrica, entre outras, demandam profissionais capacitados e escassos no mercado.
8 – Agronegócio
É o setor que tem sustentado o PIB brasileiro, embora padeça ainda com a falta de logística e infraestrutura.  Também muito requisitado para áreas como engenharia de processos, ambiental e de produção.
Fonte: QuidNovi

Translate »