Economistas elevam pela quarta vez projeção de inflação deste ano e preveem IPCA a 6,3%

Pela quarta semana consecutiva, economistas de instituições financeiras elevaram a projeção para a inflação este ano: desta vez, a previsão é de que o IPCA encerre 2014 a 6,3%, frente aos 6,28% da semana anterior, mantendo a perspectiva para a Selic em 11,25% em 2014, mostrou a pesquisa Focus do Banco Central, divulgada nesta segunda-feira.
A estimativa para a alta de preços é a mais alta desde janeiro de 2012, quando os analistas esperavam que a inflação de 2011 ficasse em 6,5%. Em relação ao grupo de economistas que mais acertam, o chamado “top 5”, a projeção foi mantida em 6,57%, a mesma indicada na última pesquisa. Alguns desses analistas ouvidos pelo GLOBO na semana passada destacaram a possível alta de preços administrados e a pressão da inflação de alimentos como alguns dos principais fatores que podem elevar o IPCA neste ano.
Para combater a alta de preços, os analistas ouvidos pela Focus preveem mais duas altas de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros. Atualmente em 10,75% ao ano, a Selic deve encerrar o ano em 11,25% ao ano, de acordo com as projeções dos economistas. A próxima decisão do BC sobre o assunto será anunciada na noite desta quarta-feira, após a reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).
Em relação à expansão da economia neste ano, a estimativa passou a ser de 1,69%, ligeira redução em relação à projeção de 1,7% da semana passada. No último relatório de inflação, divulgado na semana passada, o Banco Central revelou que espera um crescimento de 2% do PIB, menor que a alta de 2,3% registrada no ano passado.
Do O Globo.

Translate »