Dicas de sobrevivência que todo franqueado deve saber

dicas-sobrevivencia-franquia

Embora muitos empreendedores acreditem que ingressar em uma rede de franquias seja o segredo para garantir uma vida confortável sem muito esforço, a verdade é que esse mercado pode ser bastante desafiador. Por isso, qualquer ajuda é considerada bem-vinda. Se você está considerando a ideia de adquirir uma unidade de franquia, precisa saber que vai passar por muitas dificuldades. Porém, tenha em mente também que é possível superá-las. Confira a seguir uma lista com 5 dicas de sobrevivência que poderão facilitar a sua entrada nesse mercado cada vez mais em expansão no Brasil:
Escolha cuidadosamente a localização da sua unidade
Uma das decisões mais difíceis para um potencial franqueado é escolher em que local estabelecer seu negócio. Se esse for o seu caso, não hesite em pedir ajuda ao seu franqueador. Embora ele não possa apontar a você o lugar mais indicado para abrir sua unidade, ele poderá compartilhar dados importantes e que influenciarão a escolha da localização. Lembre-se apenas de que em muitas das franqueadoras, existe um processo de aprovação que também passa pela análise do local escolhido. Por isso, trate de justificar com dados estatísticos a sua decisão final.
Busque uma equipe alinhada ao perfil do seu negócio
Se você quer garantir o sucesso da sua unidade de franquia, não economize esforços para encontrar a equipe adequada. Escolher os profissionais corretos muda a aparência e o conceito do seu negócio: eles serão os responsáveis por transformar a sua empresa comum em um sucesso de vendas e confiança dos clientes. Procure por profissionais que tenham “a cara” do seu negócio. Você pode ter um produto excelente, a melhor localização da cidade e uma loja com infraestrutura de alta qualidade. Mas sem funcionários que atraiam o público, tudo isso é apenas o primeiro passo.
Siga a fórmula do sucesso oferecida pelo franqueador
Um negócio não se torna franquia por acaso. Para que isso acontecesse o proprietário teve de errar e errar até encontrar uma fórmula que funcionasse. Obviamente, esse modelo de produto e negócio será transferido a você, então faça bom uso dele.
É claro que você pode (e deve!) dar um toque pessoal à sua franquia, mas de maneira alguma ignore as orientações feitas pelo franqueador. São elas que vão garantir que seu negócio seja considerado uma parte da rede. Lembre-se: os clientes devem reconhecer as principais características da franquia em qualquer lugar que estejam. Garanta que o seu toque pessoal será o que trará eles de volta para a sua unidade.
Demonstre paixão pelo negócio
Um dos principais aspectos considerados pelos franqueadores será a sua capacidade financeira. Eles vão analisar minuciosamente suas propostas para entender se você possui o capital necessário para assumir o risco. Mas isso não é tudo. Por mais dinheiro que você tenha, dificilmente será aprovado para adquirir uma unidade de uma franquia com a qual não se identifica. Por isso, mostre paixão. Deixe claro que você está interessado em ingressar nesse mercado porque ama o que pode fazer ali.
Isso não significa fingir. Na verdade, você deve buscar trabalhar sempre com aquilo que desperta sua paixão. Se você não gosta da oportunidade que está perseguindo, talvez seja o caso de repensar suas opções.
Planeje seu crescimento cuidadosamente
Entrar em uma rede de franquias não é o modelo adequado para um empresário casual. Se você quer estar nesse ramo, precisa saber que cada passo deve ser cuidadosamente planejado. Nesse momento, é muito comum que o único plano dos empreendedores seja “contar com o nome da rede para crescer vertiginosamente”, mas isso não vai ajudá-lo se você não estiver criando as próprias estratégias paralelamente. Pense em tudo que você pode fazer para garantir o sucesso do seu negócio. É isso que vai fazer a diferença na hora de ser aprovado. Empenhe-se, esteja disposto a lutar pelo nome da companhia, mostre aos franqueadores que você possui um objetivo maior.
 
Fonte: www.santanderempreendedor.com.br

Translate »