Arie Halpern: car sharing, o serviço de compartilhamento de carro, conquista o mundo

Depois das bikes, agora, é a hora e a vez dos carros compartilhados. O serviço de car sharing pegou na Europa, e se expande para outros continentes. Segundo um estudo da WRI Ross Center for Sustainable Cities, em cinco anos, o número de operadoras no mundo mais do que quadruplicou. Hoje, elas estão em 41 cidades de 7 países em desenvolvimento. O Brasil é um deles. Em 2020, de acordo com pesquisa do Navigant Research, estima-se que o setor de serviços de compartilhamento deverá movimentar, globalmente, US$ 6,2 bilhões.
Específico para o uso rápido, o compartilhamento de carros consiste no aluguel de veículos por um determinado período. Apesar de não existirem dados efetivos, o serviço de car sharing está ajudando a reduzir a quantidade de veículos nas ruas, o que, em efeito dominó, reduz o trânsito e a emissão de poluentes, além de ajudar na conscientização dos usuários quanto aos custos de se manter um veículo próprio. No Brasil, a Zazcar, de São Paulo, opera com 60 veículos, em mais de 40 locações e possui um funcionamento simples. O usuário que deseja locar um carro deve acessar o site da empresa e fazer um cadastro. O cliente é, então, orientado a procurar um ponto de distribuição, onde ele retirará um cartão (Zazcard), para fazer a reservas. Depois, basta escolher um dos carros disponíveis e ir até o local em que o veículo estará estacionado (o site oferece um mapa de todas as regiões de retirada). Com o tempo de aluguel mínimo de uma hora, a empresa também oferece seguro e combustível.
O conceito, que tem sido bem recebido por todo o mundo, possui suas particularidades dependendo de cada empresa. A suíça Mobility, pioneira na área, possui atualmente uma frota de 2.700 veículos, localizados em mais de 1.400 pontos. E, para acompanhar a digitalização atual, já realiza operações por aplicativo. Para se ter noção da relevância desse serviço e do seu impacto em algumas cidades, em Hoboken, em New Jersey, os carros das empresas de compartilhamento têm vagas exclusivas nas ruas.
Em um momento em que a conveniência do veículo próprio é desafiada, o serviço de compartilhamento de carros se destaca. A montadora Ford é mais uma empresa a aderir à tendência mundial, lançando um serviço de aluguel de veículos em Londres, em que, também por um aplicativo, o usuário realiza suas reservas e pagamentos. Que a cultura do compartilhamento seja uma tendência pelo potencial que tem de reduzir o trânsito e a poluição.
Da Exame.com.

Translate »