Vendas globais da Audi têm alta de 4,3%

audi

De Automotive Business

Os negócios globais da Audi evoluíram 4,3% entre janeiro e maio deste ano na comparação com igual intervalo de 2014. A companhia vendeu 744,9 mil veículos no mundo no período. Enquanto a demanda do mercado chinês desacelerou e ficou em 3,7%, as Américas foram responsáveis por puxar o crescimento da marca no período. Os emplacamentos da montadora alemã avançaram 11,7% nos Estados Unidos, para 75,3 mil carros.
Embora ainda represente volume pequeno, o Brasil mostrou o crescimento porcentual mais expressivo. Os negócios locais da Audi tiveram incremento de 32,7% e somaram 7,1 mil veículos. Em seguida, como maior avanço, aparece o México com evolução bem menos significativa, de 4,7%, com o emplacamento de 5,3 mil unidades.
Na Europa a expansão foi tímida, de 2,2% para 348,2 mil emplacamentos. O volume foi puxado pela demanda da Alemanha, onde a empresa entregou 123,5 mil automóveis. No balanço global da Audi a Rússia apresentou o pior resultado, com queda severa de 32,2%, para 10,1 mil carros.
Comunicado distribuído pela companhia destaca a boa performance do TT no mercado em maio. “Nos próximos meses esperamos ver incremento adicional com o novo Q7. O carro chegará às concessionárias europeias em junho”, acredita Luca de Meo, do conselho diretivo de vendas e marketing da Audi AG. “Estamos observando atualmente um grande número de desenvolvimentos contrastantes nos mercados: o boom dos SUVs é, porém, uma tendência global uniforme”, avalia.
Fonte: ABLA

Translate »