Vendas de veículos novos no Brasil em março recuam 7% ante fevereiro

maisvendidos2014_fenabrave
O mercado brasileiro de veículos desacelerou em março, impactado por efeitos de calendário e preços maiores, informou nesta quarta-feira a associação que representa concessionários do país, Fenabrave.
As vendas de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus em março somaram 240,8 mil unidades, queda de 7 por cento sobre o volume licenciado em fevereiro e recuo de 15 por cento sobre o total emplacado em março de 2013.
Segundo a Fenabrave, a incidência do Carnaval em março retirou dois dias úteis de vendas do calendário do mês. Além disso, o preço médio dos veículos cresceu diante da obrigatoriedade de inclusão de equipamentos de segurança (ABS e airbags) e pela redução de estoques com desconto no Imposto sobre Produtos Industrializados.
Pesou ainda no desempenho do mês passado, movimento de antecipação de compras ocorrido em janeiro, afirmou em comunicado à imprensa o presidente da Fenabrave, Flávio Meneghetti.
No trimestre, as vendas de veículos somaram 812,8 mil unidades, queda de 2 por cento sobre os três primeiros meses de 2013, confirmando previsão feita pela Reuters na segunda-feira
A Fenabrave manteve suas previsões para o ano “em função da alta volatilidade da economia e das questões que envolvem a política do país”. A entidade contempla dois cenários. O otimista é de estabilidade nas vendas e o pessimista é de queda de cerca de 3,6 por cento.
Por Alberto Alerigi Jr., edição de Luciana Bruno, da Reuters.

Translate »