Vendas de carros caem 31% em janeiro

Carros-transito

– Com 243.829 unidades, indústria tem o pior janeiro desde 2011
– Hyundai passa a Renault e começa o ano como líder das novas

Foi o pior mês desde março de 2014, o pior janeiro desde 2011 e a pior venda diária desde janeiro de 2012. Não, não acabou: a venda de carros e comerciais leves no primeiro mês de 2015 teve queda de 31% em relação e dezembro e de 18,7% em relação a janeiro do ano passado.
Os 243.829 carros vendidos no mês ficaram bem abaixo das expectativas das montadoras, que esperavam que o consumidor fosse aproveitar o estoque das fábricas faturado no ano passado, com IPI menor.
Mesmo a expectativa do aumento do preço, que em alguns casos passou de 8% (veja matéria), não estimulou o consumidor, fazendo de janeiro um dos piores desempenhos dos últimos tempos. Veja os números:
Queda de 31% em relação a dezembro, quando foram vendidos 353.569
Queda de 18,7% em relação a janeiro de 2014, quando foram vendidos 299,760
Pior janeiro desde 2011, quando foram vendidos 229.858 unidades
Pior venda diária desde janeiro de 2012 (11.486) unidades/dia
Pior mês desde março de 2014 (228.722 unidades)
Hyundai é líder das novas

No ranking por marca, a novidade foi a Hyundai, que iniciou o ano na frente da Renault, tornando-se a marca mais vendida entre as novas. A coreana vendeu 17.556 unidades em janeiro e ficou com 7,2% de participação, bem à frente da francesa, que vendeu 15.389 unidades e tem 6,3%.
A Fiat inicia a caminhada para mais um ano na liderança, com 20,4% das vendas e 49.680 unidades. A GM vem logo em seguida, com 46.881 carros e 19,2%, com Volkswagen em terceiro, mas um pouco mais distante: a alemã vendeu 39.463 unidades e ficou com 16,2%. Em quarto lugar, a Ford vendeu 24.927 (10,2%).
Depois de Hyundai e Renault aparecem a Toyota, em sétimo lugar com 12.525 (5,1%) e a Honda (10.0412 unidades e 4,1%). Nissan e Mitsubishi completam a lista das dez marcas mais vendidas em janeiro.
 
Fonte: UOL carros

Translate »