SP: Os carros esquecidos pelo público no Salão

Entre estreias e supercarros que levam os visitantes a se acotovelarem por uma foto perto das novidades do Salão do Automóvel de São Paulo, alguns modelos perdem espaço, ficam pelos cantos e são esquecidos pelo público. Confira os carros que ninguém deu bola durante o evento.
Kia Soul
Lançado recentemente, o novo Kia Soul não fez sucesso com o público. Ele perdeu espaço para as novas gerações do Sorento e da Carnival. No estande da marca no Salão, o carro até que se esforçou, mas visitantes dando de costas para o Soul era uma cena bem comum, mesmo com o evento cheio.
Chevrolet Celta e Classic
Com poucas novidades e próximos da aposentadoria, os Chevrolet Celta e Classic foram colocados num cantinho do estande da marca, longe dos novos Cruze e Spin Activ. Por lá, há ainda a concorrência com o esportivo Camaro Z/28. Dessa forma, os visitantes mais frequentes, tanto para o hatch de entrada quanto para o sedã compacto, eram os funcionários responsáveis pela limpeza dos carros.
Fiat Palio Fire nas alturas
Mais recente novidade da Fiat para seu hatch de entrada, a versão Way do Palio Fire ficou num lugar em que facilmente pode passar despercebida: numa espécie de mezanino sobre o estande da marca. Assim é difícil alguém dar atenção para o carro. Mas, cadê o Palio Fire normal? Ficou de fora do Salão. Mais esquecido que isso, impossível.
O “fundão” da JAC
O estande da JAC Motors fica bem na entrada do Salão, então é comum que o espaço fique repleto de visitantes. Porém, isso só ocorre com as novidades que ficaram na primeira fila, com estreias e carros coloridos. O “fundão” do estande, composto por J3 Turin e J2 num pouco chamativo tom de branco, passa também em branco aos olhos do público.
Bloco do Bluemotion sozinho
Motores eficientes e preocupação com o meio ambiente. Enquanto a linha Bluemotion da Volkswagen se preocupa em ser ecologicamente correta, falha na tarefa de atrair o público. A marca possui um espaço equivalente a dois estandes e, num deles, há o palco com shows que ocorrem periodicamente e os carros “verdes” da VW. No outro, ficam todas as principais estreias e o público faz fila para conferir os carros. Para os Bluemotion, porém, resta aguardar alguns poucos interessados no Fox de três cilindros e no Golf conceito dessa mesma linha.
Chery
Enquanto a marca alardeou a estreia do Celer nacional e exibia a nova geração do Tiggo, há um canto no estande da Chery que sempre está vazio. Nele, os atuais Celer sedã e QQ dividem o espaço que poucos visitantes cruzam. Se você precisar de um lugar para sentar e descansar, as chances de que o hatch compacto esteja vazio são grandes.
Lifan
Com a longínqua promessa de estreia do SUV X50, a Lifan faz o que pode para chamar a atenção dos visitantes. Além de apostar no 530, lançado recentemente, a marca expõe diversas aplicações do utilitário Foison e, regularmente, chama os visitantes para concorrerem a brindes da empresa. Mas isso não dura 15 minutos e o público se dispersa na mesma velocidade.
Por Thiago Moreno, do iCarros.

Translate »