Setor automotivo aposta em lançamentos para voltar a crescer

Setor-automotivo

De UOL Economia

Há um fator que pode reverter as expectativas negativas para o setor automotivo em 2015: os lançamentos. O ano terá muitas novidades.
Os destaques serão os utilitários compactos de apelo urbano. A Honda foi rápida no desenvolvimento do crossover HR-V, que chega às lojas entre março e abril. Logo depois virá o Jeep Renegade, com versões flex ou a diesel. Em maio ou junho, a Peugeot lançará o 2008.
Com tantas novidades, os veteranos do segmento precisarão de mudanças para manter o pique em vendas. A Renault terá um Duster renovado e mais equipado -com direito a controlador de velocidade de cruzeiro e nova central multimídia.
A Ford também trabalha para atualizar o EcoSport, mas seu passo mais importante no ano será o lançamento do novo Focus. As versões hatch e sedã deverão estrear no Salão de Buenos Aires, em junho. Os motores atuais serão mantidos, e as mudanças são mais extensas no interior, que recebe novo painel e um sistema de entretenimento com tela sensível ao toque.
Por fora, a frente irá se alinhar a New Fiesta e Fusion, reforçando a identidade da marca norte-americana. Será um movimento importante da Ford, pois outros médios também mudarão. Um deles é o Volkswagen Jetta, que passa a ser montado em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo) com alterações visuais.
As novidades entre importados de luxo antecipam versões nacionais. Um exemplo é o novo Land Rover Discovery, que futuramente será produzido em Itatiaia (RJ). O novo utilitário de origem inglesa não irá aposentar o Discovery 4 atual, mas, sim, o Freelander. Sua plataforma é nova e versátil a ponto de permitir também a construção de um sedã, como o Jaguar XE. Ligando os pontos, conclui-se que o luxuoso XE será um dos modelos do grupo Jaguar Land Rover produzidos na futura fábrica brasileira, a partir de 2016.
Outro estreante que primeiro será importado para depois ganhar cidadania nacional é a versão quatro portas do Mini. Mais espaçoso que a única opção atual (duas portas), o hatch estreia em breve com motores 1.5 e 2.0, ambos turbo. A produção local deve começar em 2016, na fábrica da BMW em Araquari (SC). A mesma unidade poderá produzir também o Active Tourer, um BMW de tração dianteira feito para famílias. Sua chegada como importado ao Brasil acontece em 2015, para concorrer com o Mercedes Classe B no pequeno segmento das minivans de luxo (preços pouco acima de R$ 100 mil).
O ano terá também algumas novidades que permanecem sob segredo, como a nova geração do VW Gol, a opção esportiva do Renault Sandero (com motor 2.0 flex) e a reestilização do Fiat Palio. Portanto, haverá novidades em todas as faixas de preço, na expectativa de que 2015 registre algum crescimento sobre 2014.
Fonte: ABLA

Translate »