Serviço OnStar da Chevrolet oferece mordomias ao volante para o motorista

A Chevrolet lançou, no Brasil, o OnStar, pacote de serviços voltados à comodidade e segurança do motorista. São várias funcionalidades disponíveis que podem ser classificadas em três grupos: segurança, emergência e conveniência. Tudo é comandado por meio de três botões localizados no retrovisor, além de um aplicativo no smartphone. A comunicação se dá por meio de um chip telefônico da Claro, o que subentende que a cobertura da operadora é essencial para seu funcionamento.
Os serviços de emergência são bem semelhantes aos da Ford. O sistema pode acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou ainda o Resgate dos bombeiros em alguns estados, quando os airbags são deflagrados ou os pré-tensionadores dos cintos de segurança são ativados. Se isso acontecer, a central de atendimento do OnStar entra em contato com o veículo. Se o motorista estiver consciente, o procedimento a ser adotado é combinado com o atendente. Mas se ele estiver inconsciente, o serviço de urgência é acionado e recebe as coordenadas do veículo. Outra função é o botão SOS, que coloca o veículo em contato com a central para auxiliar o motorista caso ocorra alguma pane ou pneu furado. Já os serviços de segurança compreendem o rastreamento do veículo, podendo inclusive reduzir gradualmente sua velocidade até a imobilidade. Também é possível receber alerta sobre alguma tentativa de furto.
TESTE Para testar três funções de segurança, criamos uma missão para o OnStar. O suposto dono do veículo pediu para a central avisar quando seu filho, que estaria ao volante do carro, chegasse ao destino e notificasse possível saída da rota. Pelo aplicativo, ativamos o alerta de velocidade caso o carro excedesse os 60km/h. O alerta de velocidade e o aviso de chegada funcionaram bem. Já a saída da rota escolhida no navegador não foi notificada.
Também usamos algumas funções remotas a partir do aplicativo, como travamento ou destravamento das portas e acionamento das luzes e buzina. Na primeira tentativa, com o veículo no subsolo do jornal, não houve êxito, já que o chip estava fora da área de cobertura. Em seguida estacionamos o Cruze na rua e foi possível constatar o funcionamento dessas funções.
CONCIERGE Mas o que distingue o OnStar de serviços semelhantes disponíveis na concorrência é o de concierge, onde atendentes ficam à disposição para resolver vários tipos de necessidades que o motorista possa ter enquanto está ao volante. Para testá-las, fizemos diversas “gincanas”. Basta acionar um comando no retrovisor interno para entrar em contato, por viva voz, com a central. Em todos os contatos efetuados, o atendimento foi rápido e gentil.
A primeira demanda foi o endereço de uma unidade do Detran-MG. Não demorou muito para a atendente enviar as coordenadas direto para o navegador do veículo, nos poupando de digitar o endereço. Depois pedimos informações de interesse geral, como os resultados da rodada da Série B e o grid da Fórmula 1. A atendente não entendeu bem a demanda do futebol e passou a classificação da Série B. Já a informação da Fórmula 1 ela não conseguiu encontrar. E a previsão do tempo foi uma informação bem interessante nesses dias instáveis.
O que o Onstar fica devendo são informações de trânsito, serviço que, segundo a atendente, não está disponível porque é passível de mudança repentina. No entanto, ela disse que poderia informar sobre algum registro de acidente ou carro avariado nesse trecho e que poderia atrapalhar o fluxo. De acordo com a informação, o caminho estaria livre, porém encontramos um caminhão de manutenção semafórica tomando uma faixa da Avenida do Contorno e atrapalhando um pouco o fluxo.
Para abusar da boa vontade da atendente, pedimos a cotação da diária de três hotéis para um fim de semana em Tiradentes. Ela perguntou algumas preferências sobre a acomodação e retornou com as informações. Para nossa surpresa, as opções tinham preços realistas, incluindo um hotel quatro estrelas com diárias convidativas. Nossa atendente só pisou na bola por um detalhe, já que foi pedido um hotel num lugar central, que não era o caso dessa opção tentadora. Mas isso foi compensado pela atenção que ela mostrou com a busca, tendo aferido os relatos de quem já se hospedou ali e as fotos do lugar. Pedimos para a funcionária do OnStar efetuar a reserva nesse hotel, o que não pôde ser feito devido à necessidade de pagar um sinal. Então, pedimos para enviar o contato da pousada por e-mail, junto com algumas dicas e atrações da cidade e região. Ela enviou o e-mail com o atrativo básico de Tiradentes e ainda entrou em contato com as prefeituras das cidades de São João del-Rei e Prados para saber sobre eventos.
VEREDICTO Se os serviços de emergência e alguns de segurança (como o rastreamento e bloqueio do veículo) são indiscutivelmente bem-vindos, para algumas pessoas o de concierge pode ficar subaproveitado. É que todas as consultas são feitas pelos atendentes na internet, que já está ao alcance de todos por meio de um smartphone. E, mesmo com toda a simpatia e boa vontade, ninguém faz uma pesquisa tão satisfatória quanto você mesmo, justamente por saber ao certo o que está esperando. Mas não há dúvidas de que vários serviços ajudam o motorista a ganhar tempo enquanto está ao volante. O preço do OnStar depois do primeiro ano de uso ainda não foi definido.
Por Pedro Cerqueira, do Jornal Estado de Minas.

Translate »