Sandero RS é o mais novo na lista de esportivos nacionais e chega em setembro

renault-sandero-rs-2.0-620x474

A Renault revelou nesta semana o preço e a data de chegada do Sandero R.S. ao mercado. O esportivo, construído sobre a base do compacto, custará R$ 58.880 e terá apenas um opcional: rodas de 17 polegadas (na versão standard, elas são aro 16) calçadas por pneus de menor perfil (205/45), que custam R$ 1.000.
Veja vídeos aqui
Desenvolvido pela Renault Sport, na França, em conjunto com o estúdio de design da Renault da América Latina, o carro revela números de um verdadeiro esportivo compacto: motor HiFlex 2.0 de 150 cv, câmbio manual de seis marchas (de acordo com a empresa, com relações curtas para maior esportividade), aceleração de 0 a 100 km/h em 8 segundos e velocidade máxima de 202 km/h.
A marca não revelou mais detalhes, como o catálogo ou quantas unidades ameja emplacar mensalmente — a empresa limitou-se a dizer que ele será “completo”.

Ele já apareceu

Apresentado no Salão de Buenos Aires em junho, conforme antecipado por UOL Carros, o carro aparenta fazer jus ao sobrenome consagrado: possui máscaras escurecidas nos faróis e lanternas, tomadas de ar maiores e com divisórias em losango na dianteira, grade pintada de preto brilhante, insígnia da versão abaixo do logotipo da marca e luzes de posição em LED, entre outros itens.
Por dentro, porém, a humildade de um Sandero “civil” permanece: apesar de modificações alusivas à versão endiabrada, o Sandero RS é um… Sandero. Há excesso de plástico duro, tecido nos assentos e banco traseiro espartano — os dianteiros, ao menos, apresentam laterais levemente avantajadas para segurar melhor o corpo do motorista e do carona em curvas mais fortes.
A promessa é de um carro divertido, como já relatou Rubens Barrichello, embaixador da marca. Os testes para a imprensa que poderão comprovar este fato será realizado em estrada e pista fechada no início de setembro.
Veja fotos aqui
 
Fonte: UOL Carros

Translate »