Pelados mais caros

O balanço dos preços revelou que o carro zero subiu 4% no primeiro trimestre deste ano. É uma alta muito expressiva. Em todo o ano de 2013 o aumento foi só de 0,5%; dá pra imaginar o que significa um aumento de 4% em três meses.
A alta ocorreu por vários fatores: em primeiro lugar a volta de parte do IPI e em segundo a inclusão de airbag e ABS nos carros que ainda não tinham o equipamento. A lei exige que, a partir deste ano, todos os carros são obrigados a ter os dois equipamentos de segurança.
Tanto que os carros que ficaram mais caros este ano foram justamente os que não tinham esses itens de segurança: Celta, Classic e Palio: esses três modelos tiveram alta de mais de 10% de janeiro a março.
O Celta, por exemplo, não tinha nada, vinha pelado. Com a nova lei, o carro vem pelo menos com airbag e ABS. Conclusão: ficou 14,35 mais caro.
Na outra ponta da tabela, os carros que mais caíram de preço foram os que saíram de linha no ano passado. Como tinha ainda muito estoque no mercado, muita gente correu pra comprar o Gol G4, o Mille, o Corolla antigo e outros carros sem airbag e ABS, pois eles ficariam mais caros (como ficaram).
Quem aproveitou, pagou mais barato, mas não necessariamente esse consumidor fez um bom negócio, isso porque, na hora da revenda, daqui dois ou três anos, carros sem esses equipamentos vão valer menos. Só teve vantagem quem comprou esses carros com um bom desconto.
Por Joel Leite, do Uol.

Translate »