'Passageiro de táxi não deve ter privilégios', diz consultor

O consultor Horácio Figueira, mestre em transportes pela USP, diz que o táxi prejudica os ônibus. Ontem, o Ministério Público de São Paulo deu um prazo de 45 dias para que a prefeitura proíba a circulação e táxis nos corredores de ônibus da cidade, que ficam à esquerda das vias.
Folha – O táxi deve ser retirado do corredor?
Horácio Figueira – Sou contra desde o primeiro dia, há dez anos que eu batalho contra isso porque o táxi atrapalha totalmente a operação dos ônibus. Mas proponho um teste científico depois da volta às aulas, em que, por 15 dias, a prefeitura proíba o táxi nos corredores e compare a velocidade média e o tempo de viagem antes e depois. Tenho certeza, até como usuário de ônibus, que vai reduzir o tempo de percurso. O táxi atrapalha, mas para acabar com a polêmica, vamos nos basear em pesquisa técnica.
Taxistas dizem que tiram automóveis das ruas.
É uma falácia, porque, quando uso meu carro, o espaço que ocupo nas vias é o mesmo do táxi, sem contar que, quando estacionar, não vou contribuir para o trânsito. Por que o passageiro do táxi, que pode ser eu, tem que ter privilégio de circulação em relação aos outros milhões?
Da Folha.

Translate »