Os campeões de IPVA no Paraná

Ferrari IPVA 458 CAPA

Nesta semana, o contribuinte paranaense começou a pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A alíquota passou de 2,5% para 3,5%, tornando-se uma das mais altas do país, atrás apenas de São Paulo e Minais Gerais, que cobram 4%
Enquanto boa parte ainda se queixa pelo aumento da tributação, uma ínfima parcela de proprietários, provavelmente, não teve de colocar na ponta do lápis os gastos a mais que teria com o reajuste. Afinal, se o valor do carro adquirido ultrapassa a casa do meio milhão de reais, porque se preocupar com ‘meros’ R$ 73,6 mil de imposto, justamente a quantia a ser paga pelo dono de uma Ferrari 458 Speciale 2014, o modelo com o maior recolhimento do estado.
O valor venal da máquina italiana é de R$ 2,1 milhões – a cotação é estabelecida pelo governo com base nos preços praticados no mercado.
Selecionamos dez carros com os IPVAs mais caros do Paraná, segundo a relação divulgada pelo Detran-PR e a Secretaria da Fazenda do estado. Consideramos o modelo de maior valor de cada marca – pois, caso contrário, a lista seria formada apenas por Ferrari, Porsche e Lamborghini.
Também escolhemos os que foram emplacados até 2014, lembrando que para os modelos zero km, licenciados neste ano, a alíquota incide sobre o valor de nota fiscal.
1.º Ferrari 458 Speciale: R$ 73,6 mil

Divulgação/Ferrari

O dono desta 458 Speciale, que começou a ser importada para o Brasil no ano passado, repassará ao cofre público R$ 73,6 mil, quase o equivalente a um Toyota Corolla ou ao novo Honda HR-V, em suas versões intermediárias. O superesportivo, avaliado em R$ 2,1 milhões, é movido por um motor V8 4.5, de 605 cv e 54,9 kgfm de torque. O desempenho é insano: atinge 325 km/h de máxima e vai de 0 a 100 km/h em apenas 3 segundos.
2.º Porsche 911 GT2 RS: R$ 39,5 mil

Divulgação/Porsche

O mais rápido e potente Porsche de série da história desembarcou no país em 2011, data da unidade emplacada no Paraná . O valor venal do carro alcança R$ 1,12 milhão e seu imposto de R$ 39,5 mil daria para adquirir, por exemplo, o novo Nissan Versa. O modelo rende impressionantes 620 cv e 71,4 kgfm, extraídos do motor 3.6 boxer de seis cilindros, com dois turbocompressores. A máxima é de 330km/h.
3.º Lamborghini Gallardo: R$ 37 mil

Divulgação/Lamborghini

Mesmo com quatro anos de uso, o possante italiano de R$ 1,05 milhão continua a instigar o sonho de consumo de muitos apaixonados por carros. O modelo de 2011 rende à receita estadual uma tributação de R$ 37 mil. O Gallardo já deu lugar ao Huracán, mas continua como o mais vendido da história da marca do touro. Ele é impulsionado por um bloco 5.2 V10, de 560 cv e 55,3 kgfm, com velocidade de 320 km/h.
4.º Audi R8 V10: R$ 28 mil

Divulgação/Audi

O IPVA é relativo a um modelo 2014 do superesportivo alemão, que custa R$ 800,5 mil. O carro carrega o mesmo V10 usado pelo Gallardo – a Audi é proprietária da Lamborghini. O que significa dose exagerada de potência e velocidade. São 525 cv e 54,1 kgfm de torque, capazes de levar o modelo a 316 km/h. O R8 5.2 V10 chegou ao Brasil em 2010 e também se destaca pela carroceria em fibra de carbono e alumínio.
5.º Bentley Continental GT: R$ 24,3 mil

Divulgação/Bentley

O modelo da relação é de 2012, avaliado em R$ 694,6 mil. O cupê de luxo inglês se destaca pela construção artesanal. Ele carrega um motor biturbo 4.0, com 8 cilindros, de 507 cv e 67,3 kgfm
6.º Mercedes-Benz SL 63 AMG: R$ 24,1 mil

Divulgação/Mercedes-Benz

A versão mais esportiva do roadster estreou no país em 2013, mesmo ano do exemplar avaliado no Paraná em R$ 689,7mil. O conversível da Mercedes-Benz traz um mostruoso V8 biturbo, que gera 564 cv e, acreditem, 91,77 kgfm de torque (maior que o de muito caminhão). O 0 a 100 km/h ocorre em 4,2 s e ele vai até 300 km/h . O teto rígido leva 20 s para dobrar e se acomodar dentro do porta-malas.
7.º Maserati Quattroporte S: R$ 22,3 mil

Divulgação/Maserati

O exemplar que roda pelas ruas do estado é de 2011, portanto, a quinta geração do sedã italiano – a sexta já estreou no Brasil em 2013. Mesmo assim, o preço o torna exclusivíssimo: R$ 638 mil. O carro é alimentado por um V6 biturbo 3.0, de 410 cv e 55 kgfm, fabricado em Maranello pela Ferrari – ambas as marcas pertencem ao grupo Fiat Chrysler.
8.º BMW M6 Gran Coupé: R$ 18,1 mil

Divulgação/BMW

A versão mais potente do cupê quatro portas alemão desembarcou no mercado brasileiro no fim do ano passado. Com valor venal de R$ 517,4 mil, o elegante M6 Gran Coupé traz motor 4.4 V8 biturbo, de 560 cv e 69 kgfm de torque. O modelo vai de 0 aos 100 km/h em 4,2 s e atinge até 250 km/h ou 305 km/h, caso o cliente opte por estender o limite de corte de velocidade. Com o pacote opcional Competition, é possível elevar a potência para 575 cv.
9.º Land Rover Range Rover Vogue: R$ 17,4 mil

Divulgação/Land Rover

A versão topo de linha da Land Rover foi avaliada em R$ 506,8 mil. O jipão carrega um motor V8 5.0 turbo, de 510 cv. Ele cumpre de 0 a 100 km/h em 5,5 s – nada mal para um carro de 2,3 toneladas.
10.º Jaguar XJ Supercharger Sport: R$ 16 mil

Divulgação/Jaguar

O sedã de luxo com desempenho de superesportivo vai de 0 a 100 km/h em apenas 4,9 s, com 250 km/k de velocidade máxima, controlada eletronicamente. O responsável pelos números é o bloco 5.0 V8 Supercharger, com 510 cv e 62,5 kgfm. O modelo topo de linha da marca inglesa que aparece na lista é de 2013 e custa R$ 458,7 mil.
Fonte: Gazeta do Povo

Translate »