Demanda diária por veículos alugados deve subir 20°/o em MG com o Carnaval

Motivo é o incremento da folia em BH, que espera 3,6 mi de foliões

Aliss033:Localiza10 20/12/13 CREDITO:ALISSON J. SILVA

O crescimento do Carnaval de Belo Horizonte extrapola os blocos de rua e impacta a cadeia econômica. Ontem, a Associação Brasileira de Locadoras de Automóveis (Abla) informou que está previsto um aumento de pelo menos 20% na demanda pelo aluguel diário de veículos no Estado durante o período de folia.

E, segundo o diretor regional da Abla em Minas, Leonardo Soares, o aumento do Carnaval de rua na Capital é um grande motivador desse incremento e, além disso, modifica o perfil da locação de carros. “As locadoras podem se preparar para evitar falta de carros, porque haverá demanda”, afirma.

É importante falar como o incremento do Carnaval de BH muda o perfil da locação de carros. Antes, as pessoas alugavam carro para sair de Belo Horizonte. Agora, o aluguel é feito por turistas que vão passar o Carnaval na Capital, explica Soares. De acordo com a Prefeitura de Belo Horizonte, neste ano são esperados 3,6 milhões de foliões, aumento de 20% na comparação com 2017. Desses, cerca de 180 mil são turistas. A movimentação financeira estimada é de cerca de R$
637 milhões.

Segundo Leonardo Soares, alguns moradores de Belo Horizonte continuam alugando carros para viajar a outros destinos no período. Mas o forte ficou por conta dos turistas que vão participar dos desfiles de blocos na cidade. Muitos alugam veículos para se movimentarem por aqui e outros utilizam para ir a alguma região próxima, como cidades históricas e Instituto lnhotim (em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte).

O fluxo de turistas aumentou de maneira impressionante durante o Carnaval nos últimos quatro anos, impactando hotéis, restaurantes e também a locação de carros. A festa há quatro anos reunia 150 mil pessoas e agora recebe 3 milhões de foliões”, resume Soares.

Ele informa que esse resultado positivo no início do ano deve impulsionar aguardada melhora do setor em 2018. Segundo Soares, apesar de os números de 2017 ainda não terem sido fechados, a tendência é estabilidade com pequena alta, no comparativo com 2016. “O mercado está se acomodando após a fusão de grandes redes e o cenário é de otimismo”, aponta.

Alta atratividade – CFO (Chiei Financial Officer) da Localiza, Roberto Mendes informou ontem que o setor tem um aumento da demanda entre o fim do ano até o Carnaval. A empresa se prepara para esse pico de demanda a partir de outubro, quando faz a compra de veículos. Com isso, em dezembro os carros já estão distribuídos nas agências. Para o Carnaval, a Localiza já se organizou para atender a demanda extra, diante da surpresa positiva da alta atratividade do Carnaval de Belo Horizonte. Segundo Mendes, se houver necessidade, há como fazer o deslocamento de carros entre agências.

A assessoria de imprensa da Unidas informou que a locação de veículos aumenta naturalmente neste período de festas.

Fonte: Diário do Comércio | Economia – Ana Amélia Hamdan – 06/02/2018

Translate »